Atitudes dos Enfermeiros com RelaÇÃo ao Alcoolismo: Uma avaliaÇÃo de Conhecimentos

Autores

  • Sandra C. Pillon Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v7i3.903

Resumo

Resumo: Este artigo tem como objetivo avaliar os conhecimentos adquiridos sobre os problemas relacionados ao uso de álcool e aos usuários pelos enfermeiros (alunos, docentes e enfermeiros assistenciais) de uma universidade publica brasileira durante a formação educacional. Para esta pesquisa foi elaborado um questionário que contém avaliações sobre os conteúdos elementares e específicos relacionados aos problemas do alcoolismo, baseado no NEADA FACULTY SURVEY (PROJECT NEADA – Nursing Education in Alcohol and Drug Education). Concluímos que existe uma deficiência na educação formal, onde encontramos em grande proporção que os enfermeiros obtiveram pouco ou nenhum conhecimento em nível semi-especializado ou especializado sobre o tema álcool e suas conseqüências, o que nos leva a discutir a necessidade de uma maior oferta de treinamentos nessa área. PALAVRAS-CHAVE: Educação em Enfermagem; Transtornos Relacionados ao Uso de Alcool; Conhecimentos, Atitudes e Práticas em Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-12-2006

Como Citar

1.
Pillon SC. Atitudes dos Enfermeiros com RelaÇÃo ao Alcoolismo: Uma avaliaÇÃo de Conhecimentos. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 28º de dezembro de 2006 [citado 26º de julho de 2021];7(3). Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/903

Edição

Seção

Artigo Original