Letramento em saúde dos profissionais de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.62315

Palavras-chave:

Letramento em Saúde, Internato não Médico, Pessoal de Saúde, Capacitação Profissional, Equipe de Assistência ao Paciente

Resumo

Objetivo: avaliar as condições do letramento em saúde de profissionais inseridos em Programa de Residência Multiprofissional em Saúde. Método: Estudo transversal analítico, realizado com 88 profissionais residentes, utilizando a versão brasileira do Health Literacy Questionnaire. Foi avaliada a confiabilidade e a correlação das médias dos escores das escalas com as variáveis sociodemográficas. Resultados: os resultados indicam que as mulheres cuidam mais da saúde e têm melhor suporte social. Os mais jovens têm facilidade de interagir com os profissionais de saúde e de navegar no sistema de saúde. As potencialidades identificadas foram a capacidade de identificar confiáveis fontes de informação e serem “exploradores de informação”. As limitações estão relacionadas ao não envolvimento com os próprios cuidados de saúde e a não usarem o sistema de saúde. Conclusão: O estudo colabora para divulgar a temática entre os profissionais residentes, possibilitando a reflexão sobre as competências e habilidades necessárias no cuidado em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Publicado

20-12-2020

Como Citar

1.
Silva VM, Brasil VV, Moraes KL, Magalhães JPR. Letramento em saúde dos profissionais de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 20º de dezembro de 2020 [citado 27º de outubro de 2021];22. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/62315

Edição

Seção

Artigo Original