Reflexões sobre saúde com imigrantes haitianos pelo Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire

Autores

  • Jeane Barros de Souza Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, jeane.souza@uffs.edu.br
  • Ivonete Teresinha Schülter Buss Heidemann Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, ivonete.heidemann@ufsc.br https://orcid.org/0000-0001-6216-1633
  • Fernanda Walker Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, fernandawalker04@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-2653-6877
  • Maira Lidia Schleicher Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, mairasch97@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-1083-1011
  • Juliana Praxedes Campagnoni Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, ju_campagnoni@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-4057-4637

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.60792

Palavras-chave:

Imigrantes, Saúde Integral, Vulnerabilidade em Saúde, Determinantes Sociais da Saúde, Promoção da Saúde

Resumo

Tem-se por objetivo compreender o conceito de saúde dos imigrantes haitianos e suas possibilidades para promover saúde diante das vulnerabilidades que vivenciam. Pesquisa qualitativa, tipo ação participante, fundamentada no Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire, constituído de três fases: investigação temática; codificação e descodificação; desvelamento crítico. Contou-se com a participação de 10 imigrantes haitianos, estudantes de uma universidade federal do sul do Brasil. Através do círculo de cultura resultou-se que o conceito de saúde para os haitianos é heterogêneo, constituindo-se em ausência de doença, bem-estar, felicidade, família, espiritualidade, alimento e trabalho. Os haitianos motivaram-se a promover saúde por meio da alimentação saudável, exercícios físicos, aprimoramento do idioma e organização do tempo para possibilitar o lazer. Conclui-se que os participantes refletiram sobre seu contexto, buscando estratégias para promover saúde, empoderando-se mutuamente. Isto ocorreu pela possibilidade de transformar suas realidades com novos significados sobre saúde, desejando promover a qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Publicado

26-11-2020

Como Citar

1.
Souza JB de, Heidemann ITSB, Walker F, Schleicher ML, Campagnoni JP. Reflexões sobre saúde com imigrantes haitianos pelo Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 26º de novembro de 2020 [citado 27º de outubro de 2021];22. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/60792

Edição

Seção

Artigo Original