Qualidade de vida de cuidadores de crianças com transtornos do neurodesenvolvimento

Palavras-chave: Criança, Enfermagem, Qualidade de vida relacionada à saúde, Transtornos do Neurodesenvolvimento, Cuidadores

Resumo

Objetivo: Identificar a qualidade de vida relacionada à saúde de cuidadores de crianças com transtornos do neurodesenvolvimento e analisar os fatores associados. Método: Estudo com delineamento observacional, transversal de abordagem quantitativa. Aplicado instrumento de caracterização e The Medical Outcomes Study 36-Item Short em 25 cuidadores. Utilizou-se o teste de Mann-Whitney e Correlação de Spearman, com nível de significância de 5%. Dentre os domínios da qualidade de vida relacionada à saúde, vitalidade e dor apresentaram os menores escores. Houve diferença significativa entre crença religiosa e os domínios aspectos sociais (p=0,046) e saúde mental (p=0,008) e, entre estado marital e os domínios aspectos sociais (p=0,029) e aspectos emocionais (p=0,035). Observou-se correlação negativa entre capacidade funcional e idade do cuidador. Conclusão: Cuidadores de crianças com transtornos do neurodesenvolvimento se percebem cansados e pouco dispostos. Crença religiosa, estado marital e idade se constituíram em fatores relacionados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...
Publicado
14-09-2020
Como Citar
Reis, G. A., Zonta, J. B., Camilo, B. H. N., Fumincelli, L., Gonçalves, A. M. de S., & Okido, A. C. C. (2020). Qualidade de vida de cuidadores de crianças com transtornos do neurodesenvolvimento. Revista Eletrônica De Enfermagem, 22. https://doi.org/10.5216/ree.v22.59629
Seção
Artigo Original