Qual o elemento central na Rede de Atenção Psicossocial de um município de Minas Gerais?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.59352

Palavras-chave:

Serviços de Saúde Mental, Equipe de Assistência ao Paciente, Saúde, Comunicação Interdisciplinar

Resumo

Objetivou-se identificar, pela Análise de Rede Social, o elemento central da Rede de Atenção Psicossocial de um município de Minas Gerais e estabelecer relações de tal centralidade com o perfil dos trabalhadores. Estudo quantitativo realizado com 162 trabalhadores. Utilizou-se questionário autoaplicável e uma matriz sobre os serviços. Empreendeu-se análise descritiva e a de Rede Social para o cálculo da centralidade e confecção do mapa de redes. O hospital psiquiátrico assumiu centralidade na rede estudada. O tempo de atuação na área, escolaridade e função assistencial dos profissionais exerceram influência em relação ao conhecimento dos serviços extra-hospitalares. Concluiu-se que a centralidade do hospital psiquiátrico assinala a necessidade de ressignificação do modelo de atenção que sustenta a prática dos profissionais. Neste sentido, entende-se que o adensamento do capital social dos trabalhadores e o uso de instrumentos de gestão contribuiriam para maior articulação da Rede de Atenção Psicossocial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Publicado

31-08-2020

Como Citar

1.
Querino RA, Borges RS, Almeida JCP de, Pauli AJC de, Oliveira JL de, Souza J de. Qual o elemento central na Rede de Atenção Psicossocial de um município de Minas Gerais?. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de agosto de 2020 [citado 9º de dezembro de 2021];22. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/59352

Edição

Seção

Artigo Original