Representações de adolescentes luso-brasileiros acerca do conceito de "risco": subsídios para a atuação de enfermagem

Autores

  • Vera Lúcia de Oliveira Gomes Fundação Universidade Federal do Rio Grande
  • Felismina Rosa P. Mendes Universidade de Évora

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47209

Palavras-chave:

Fatores de risco, Adolescência, Educação em saúde, Cuidados de enfermagem

Resumo

O conceito de risco tem sido adotado para subsidiar ações no campo da saúde. Aplicado aos adolescentes, vem mascarado pelo espírito de aventura, referindo-se a comportamentos que aumentam a probabilidade de danos ou mesmo morte. Assim, o que no campo da saúde constitui risco, para adolescentes representa "pura adrenalina". Fundamentadas na Teoria das Representações Sociais, neste estudo exploratório descritivo, objetivou-se analisar e comparar as representações de risco entre adolescentes luso-brasileiros e identificar os recursos utilizados para prevenirem ou minimizarem tais situações. Foram informantes dezoito adolescentes de uma escola pública de Évora em Portugal e dezoito de outra localizada em Rio Grande no Brasil. Colheram-se os dados, em outubro e novembro de 2006, por meio de entrevistas semiestruturadas, gravadas e transcritas. Pela análise de conteúdo, apreendeu-se que os(as) adolescentes associam risco a “perigo”, porém, enquanto os rapazes enfocam assaltos e acidentes, as moças enfatizam a gravidez não planejada, ou seja, situações que, em parte, diferem das incluídas nos programas preventivos realizados por profissionais de saúde. Sendo a família o apoio mais citado, considera-se que a escola e os serviços de saúde precisam aliar-se a ela e aos adolescentes, buscando delinear estratégias minimizadoras de risco para os jovens dos dois países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia de Oliveira Gomes, Fundação Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Titular do Departamento de Enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande FURG. Rio Grande/RS. E-mail: vlogomes@terra.com.br

Felismina Rosa P. Mendes, Universidade de Évora

Doutorada em Sociologia, Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem/Universidade de Évora, Investigadora do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde. Portugal. E-mail: fm@uevora.pt

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

Gomes, V. L. de O., & Mendes, F. R. P. (2017). Representações de adolescentes luso-brasileiros acerca do conceito de "risco": subsídios para a atuação de enfermagem. Revista Eletrônica De Enfermagem, 11(3). https://doi.org/10.5216/ree.v11.47209

Edição

Seção

Artigo Original