Fatores que interferem no acesso de usuários a um ambulatório básico de saúde

Autores

  • Clarice Maria Dall’Agnol Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Maria Alice Dias da Silva Lima Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Donatela Dourado Ramos Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre/RS

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47205

Palavras-chave:

Acesso aos serviços de saúde, Agendamento de consultas, Sistema de saúde

Resumo

Pesquisa quantitativa com os objetivos de caracterizar os usuários de um ambulatório básico de saúde de Porto Alegre, RS, e identificar os motivos daqueles procedentes de fora da área de abrangência que os levam a buscar atendimento na área de clínica geral. Mediante análise descritiva simples dos dados, obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas com 520 usuários que aguardavam consulta, verificou-se que a maioria dos respondentes reside em Porto Alegre, embora não pertença à área de abrangência. Entre os motivos da procura por esse ambulatório básico, foram mencionadas a suposta maior proximidade com a moradia, a agilidade na marcação da primeira consulta e reconsulta, a destreza para realização de exames, a boa qualidade do atendimento médico e do atendimento geral do serviço e a facilidade na obtenção de medicamentos e no agendamento de consulta com médico especialista. Os resultados sinalizaram que, havendo flexibilidade na forma organizativa do sistema municipal, os usuários buscam o serviço que melhor lhes convêm, usando critérios de escolha que não se restringem às facilidades de acesso geográfico, mas envolvendo principalmente facilidades de acesso funcional, isto é, vantagens decorrentes do processo de trabalho do serviço de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarice Maria Dall’Agnol, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EENF/UFRGS). E-mail: clarice@adufrgs.ufrgs.br

Maria Alice Dias da Silva Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Enfermeira.Docente da EENF-UFRGS. Doutora em Enfermagem. E-mail: malice@enf.ufrgs.br

Donatela Dourado Ramos, Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre/RS

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre/RS. E-mail: donatela@sms.prefpoa.com.br

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

Dall’Agnol, C. M., Lima, M. A. D. da S., & Ramos, D. D. (2017). Fatores que interferem no acesso de usuários a um ambulatório básico de saúde. Revista Eletrônica De Enfermagem, 11(3). https://doi.org/10.5216/ree.v11.47205

Edição

Seção

Artigo Original