Auto-irrigação - estratégia facilitadora para a reinserção social de pessoas com colostomia

Autores

  • Sônia Ayako Tao Maruyama Universidade Federal de Mato Grosso
  • Cássila dos Santos Barbosa Universidade Federal de Mato Grosso
  • Roseney Bellato Universidade Federal de Mato Grosso
  • Wilza Rocha Pereira Universidade Federal de Mato Grosso
  • Jacqueline Pimenta Navarro Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47203

Palavras-chave:

Colostomia, Cuidados de enfermagem, Qualidade de vida

Resumo

A auto-irrigação se constitui como um importante instrumento de apoio ao controle intestinal, possibilitando a pessoa com colostomia a sua reinserção social. Este estudo teve por objetivo compreender o processo de treinamento para técnica de auto-irrigação intestinal proposto a pessoas com colostomia definitiva, assim como as implicações desta técnica no que diz respeito à qualidade de vida, abordando aspectos sociais e culturais. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, realizado em hospital universitário em Cuiabá-MT, no período de maio de 2005 a maio de 2006. Os sujeitos do estudo foram 10 pessoas com colostomia, selecionados conforme critérios estabelecidos previamente, e que aceitaram participar do treinamento da auto-irrigação. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada realizada em diferentes momentos do processo de treinamento: antes, durante e depois do mesmo. A análise desses dados resultou em duas categorias: a primeira denominada de “Socializando a informação sobre a auto-irrigação” deu origem as subcategorias: Repercussões da aprendizagem da técnica de auto-irrigação e Realizando a técnica de auto-irrigação; e a segunda denominada “As possibilidades após ensino-aprendizagem da auto-irrigação”. A irrigação se mostrou satisfatória como facilitadora da reinserção social dos indivíduos com colostomia definitiva, trazendo uma melhor qualidade de vida aos mesmos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sônia Ayako Tao Maruyama, Universidade Federal de Mato Grosso

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso (FAEN/UFMT). E-mail: soniayako@uol.com.br

Cássila dos Santos Barbosa, Universidade Federal de Mato Grosso

Acadêmica FAEN/UFMT. Bolsista do PIBIc/CNPq. E-mail: cassilasb@gmail.com

Roseney Bellato, Universidade Federal de Mato Grosso

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da FAEN/UFMT. E-mail: roseney@terra.com.br

Wilza Rocha Pereira, Universidade Federal de Mato Grosso

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da FAEN/UFMT. E-mail:  wilzarp@terra.com.br

Jacqueline Pimenta Navarro, Universidade Federal de Mato Grosso

Acadêmica da FAEN/UFMT. Bolsista extensão do Projeto “Ambulatório de Enfermagem em Estomias” do Hospital Universitário Júlio Muller. E-mail: jaquipimenta@hotmail.com

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

Maruyama, S. A. T., Barbosa, C. dos S., Bellato, R., Pereira, W. R., & Navarro, J. P. (2017). Auto-irrigação - estratégia facilitadora para a reinserção social de pessoas com colostomia. Revista Eletrônica De Enfermagem, 11(3). https://doi.org/10.5216/ree.v11.47203

Edição

Seção

Artigo Original