Conhecimentos e práticas no uso do cateter periférico intermitente pela equipe de enfermagem

Autores

  • Ana Carolina Scarpel Moncaio Universidade de São Paulo
  • Rosely Moralez de Figueiredo Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47176

Palavras-chave:

Equipe de Enfermagem, Cateterismo Periférico, Infecção Hospitalar, Lavagem de Mãos

Resumo

A terapia por infusão é indispensável na prática diária da enfermagem e os cateteres periféricos são os mais utilizados. Trata-se de um estudo prospectivo, quantitativo, realizado, com o objetivo de identificar a freqüência, caracterizar o conhecimento e as práticas de utilização do cateter periférico intermitente (CPI) pela equipe de enfermagem. Os dados foram coletados por meio de questionário e por observação sistematizada dos procedimentos de infusão e manutenção de CPI. Foram realizadas 41 visitas com 102 h de observação e entrevistados 39 profissionais de enfermagem. Com relação ao índice de acertos nos questionários, 35 (89,7%) julgam necessário o uso de luvas durante o manuseio dos CPI e 38 (97,4%) referem à importância da lavagem das mãos. Os procedimentos foram observados em 95 cateteres, sendo que 85 (89,4%) não foram salinizados; 81(85,2%) encontravam-se pérvios; em 66 (69,4%) vezes os profissionais não usaram luvas; em 71 (74,8%) não realizaram lavagem das mãos e em 95 (100%) não utilizaram álcool gel. Foi observado um descompasso entre o conhecimento teórico e o observado na prática. Há a necessidade de se estabelecer práticas de educação em serviço mais eficazes e integradas, constituindo-se num importante instrumento de avaliação e controle da qualidade dos procedimentos realizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Scarpel Moncaio, Universidade de São Paulo

Enfermeira. Graduada pela Universidade Federal de São Carlos. Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (PPGEF/EERP/USP). E-mail: scarpel@usp.br.

Rosely Moralez de Figueiredo, Universidade Federal de São Carlos

Enfermeira. Doutora em Saúde Mental. Docente do Departamento de Enfermagem da USFCAR. E-mail: rosely@power.ufscar.br

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

Moncaio, A. C. S., & Figueiredo, R. M. de. (2017). Conhecimentos e práticas no uso do cateter periférico intermitente pela equipe de enfermagem. Revista Eletrônica De Enfermagem, 11(3). https://doi.org/10.5216/ree.v11.47176

Edição

Seção

Artigo Original