Indicadores empíricos para a estruturação de um instrumento de coleta de dados em unidade cirúrgica

Autores

  • Ana Paula Marques Andrade de Souza Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Julia Guimarães Oliveira Soares Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Miriam Lima da Nóbrega Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Miriam Lima da Nóbrega Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47090

Palavras-chave:

Enfermagem, Cirurgia, Coleta de dados, Assistência ao Paciente

Resumo

Este artigo teve como propósito descrever o desenvolvimento das primeiras fases da construção de um instrumento de coleta de dados para o cliente cirúrgico, com os objetivos de listar os indicadores empíricos encontrados na literatura a partir das necessidades humanas básicas de Horta, e identificar a frequência desses indicadores empíricos em clientes internos na clinica cirúrgica. Para listar os indicadores empíricos utilizou-se como referencial teórico a Teoria das Necessidades Humanas Básicas, de Horta, e a partir de uma revisão na literatura foi possível definir cada necessidade e identificar para cada uma delas os indicadores empíricos. Após essa busca, foi elaborado um instrumento contendo 367 indicadores empíricos, o qual foi utilizado com 61 clientes internos na clínica cirúrgica do HULW. Obteve-se como resultado 84 indicadores empíricos que compuseram a primeira versão do instrumento de coleta de dados para cliente adulto cirúrgico. Espera-se que o instrumento que será elaborado a partir desses resultados venha contribuir com a implantação da sistematização da assistência de enfermagem na clínica cirúrgica e uniformizar a forma de coleta de dados na referida clínica no momento da admissão dos clientes, voltada para a identificação das necessidades desses clientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Marques Andrade de Souza, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Mestre em Enfermagem pelo PPGENF/CCS/UFPB. E-mail: anapmasouza@yahoo.com.br

Maria Julia Guimarães Oliveira Soares, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará. Docente do Departamento de Enfermagem Médico Cirúrgico e Administração e do PPGENF/CCS/UFPB. Orientadora do trabalho. E-mail: mmjulieg@yahoo.com.br

Maria Miriam Lima da Nóbrega, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela UNIFESP. Docente do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública e Psiquiatria e do PPGENF/CCS/UFPB. Pesquisador CNPq. E-mail: miriam@ccs.ufpb.br

Maria Miriam Lima da Nóbrega, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela UNIFESP. Docente do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública e Psiquiatria e do PPGENF/CCS/UFPB. Pesquisador CNPq. E-mail: miriam@ccs.ufpb.br

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

Souza, A. P. M. A. de, Soares, M. J. G. O., Nóbrega, M. M. L. da, & Nóbrega, M. M. L. da. (2017). Indicadores empíricos para a estruturação de um instrumento de coleta de dados em unidade cirúrgica. Revista Eletrônica De Enfermagem, 11(3). https://doi.org/10.5216/ree.v11.47090

Edição

Seção

Artigo Original