Princípio da integralidade numa UTI pública: espaço e relações entre profissionais de saúde e usuários

Autores

  • Rosangela de Oliveira Universidade Federal de Mato Grosso
  • Sônia Ayako Tao Maruyama Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.47021

Palavras-chave:

Atenção à Saúde, Unidade de Terapia Intensiva, , Cuidados de Enfermagem

Resumo

O princípio da integralidade no Sistema Único de Saúde representa um atributo desejável em todos os níveis de atenção em saúde. Nessa perspectiva, o objetivo do estudo é compreender como esse princípio é observado na assistência aos usuários de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pública. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de abordagem compreensiva, embasada nos referenciais da integralidade e em alguns conceitos de Michel Foucault, realizada numa UTI pública em 2007 por meio da técnica da observação participante. Para a análise dos dados, foi utilizada a análise de conteúdo proposta por Minayo. De acordo com o objetivo proposto, identificamos que o espaço da UTI e as relações entre profissionais de saúde e pessoas doentes são aspectos que desafiam o respeito a este princípio na terapia intensiva estudada. Concluímos que, para o atendimento à integralidade aos usuários da UTI, torna-se necessária a reorganização das práticas de saúde mediante o resgate do compromisso com esses usuários, de forma a considerar na assistência em saúde os aspectos bio-psico-sociais, valorizando também outras dimensões que se encontram abaladas além da dimensão biológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso

Enfermeira. Mestranda em Enfermagem pela UFMT, Especialista em Administração de Serviços de Saúde e em Infecção Hospitalar. Fiscal Sanitário da Vigilância Sanitária de Cuiabá-MT. E-mail: rowioliveira@gmail.com

Sônia Ayako Tao Maruyama, Universidade Federal de Mato Grosso

Enfermeira. Doutora em Enfermagem Fundamental pela EERP/USP. Professor Adjunto FAEN/UFMT. E-mail: soniayako@uol.com.br

Downloads

Publicado

01-06-2017

Como Citar

1.
Oliveira R de, Maruyama SAT. Princípio da integralidade numa UTI pública: espaço e relações entre profissionais de saúde e usuários. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de junho de 2017 [citado 21º de janeiro de 2022];11(2). Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/47021

Edição

Seção

Artigo Original