Warfarina: fatores que influenciam no índice de normatização internacional

Autores

  • Ticiane C. G. F. Campanili Universidade de São Paulo
  • Andrea Cotait Ayoub Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10.46805

Palavras-chave:

Coagulação, INR, Vitamina K, Cuidados de enfermagem.

Resumo

O tratamento com Warfarina reduz a capacidade de coagulação do sangue, sendo acompanhado laboratorialmente pelo tempo de protrombina expresso como no índice de normatização internacional(INR). Fatores socioeconômicos, culturais e a terapêutica podem influenciar os resultados. Objetivo: caracterizar pacientes em uso de Warfarina e identificar fatores que colaboraram para o INR permanecer fora da faixa terapêutica (INR <2,0 ou >3,0).  Estudo descritivo exploratório utilizando instrumento de coleta de dados, com as variáveis: caracterização do paciente, uso da Warfarina e sua forma de utilização, hábitos alimentares, atividade física, controle do INR. Amostra foi de 38 pacientes que recebiam Warfarina há trinta dias com INR fora da faixa terapêutica. Os pacientes apresentavam hábitos alimentares inadequados, interação medicamentosa da Warfarina com antibióticos e antiarrítmicos e adesão prejudicada ao tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ticiane C. G. F. Campanili, Universidade de São Paulo

Enfermeira, aprimorada em Enfermagem Cardiovascular, atuante em Unidade de Terapia Intensiva do Instituto do Coração do HCFMUSP, São Paulo, SP. E-mail: ticifaustino@bol.com.br

Andrea Cotait Ayoub, Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

Enfermeira Doutora em Ciências, Diretora do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, São Paulo, SP. E-mail: acotait@ig.com.br

Downloads

Publicado

15-05-2017

Como Citar

1.
Campanili TCGF, Ayoub AC. Warfarina: fatores que influenciam no índice de normatização internacional. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 15º de maio de 2017 [citado 17º de outubro de 2021];10(4). Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/46805

Edição

Seção

Artigo Original