Comunicação como instrumento de humanização do cuidado de enfermagem: experiências em unidade de terapia intensiva

Autores

  • Edison Luiz Devos Barlem Universidade Federal do Rio Grande
  • Daniele Portella do Nascimento Rosenhein PIBIC/CNPq
  • Valéria Lerch Lunardi Universidade Federal do Rio Grande
  • Wilson Danilo Lunardi Filho Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10.46800

Palavras-chave:

Unidades de terapia intensiva, Comunicação, Cuidados de enfermagem, Cuidados intensivos

Resumo

O presente estudo surgiu de questionamentos sobre a relevância da comunicação como instrumento para humanizar o cuidado de enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Assim, o objetivo foi conhecer como pacientes perceberam o processo de comunicação implementado pela equipe de enfermagem, identificar quais as percepções sobre os cuidados prestados pela equipe de enfermagem e situações vivenciadas neste ambiente relacionadas ao processo de comunicação. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, por meio de entrevista semi-estruturada com sete pacientes que estiveram internados em UTI geral de um Hospital Universitário do extremo sul do Rio Grande do Sul, no período de janeiro de 2004 a junho de 2006, abordando aspectos referentes ao cuidado recebido, com atenção especial ao processo de comunicação. A idade dos entrevistados variou de 21 a 73 anos. Após a análise das falas, emergiram duas categorias: a vivência na UTI, seus significados e as necessidades de comunicação e UTI: potencial ambiente de cuidado. Os resultados permitem concluir que os cuidados recebidos na UTI foram satisfatórios e há o reconhecimento da preocupação da equipe de enfermagem em se comunicar com o paciente, valorizando o olhar, a presença e o toque.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edison Luiz Devos Barlem, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeiro, Aluno do Mestrado em Enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande. E-mail: ebarlem@gmail.com

Daniele Portella do Nascimento Rosenhein, PIBIC/CNPq

Enfermeira, Ex-bolsista PIBIC/CNPq. E-mail: danikkaportella@hotmail.com

Valéria Lerch Lunardi, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Associada I do Departamento de Enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande. Pesquisadora IB do CNPq. E-mail: vlunardi@terra.com.br.

Wilson Danilo Lunardi Filho, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Associado I do Departamento de Enfermagem da FURG, Pesquisador II do CNPq. E-mail: lunardifilho@terra.com.br

Downloads

Publicado

15-05-2017

Como Citar

Barlem, E. L. D., Rosenhein, D. P. do N., Lunardi, V. L., & Lunardi Filho, W. D. (2017). Comunicação como instrumento de humanização do cuidado de enfermagem: experiências em unidade de terapia intensiva. Revista Eletrônica De Enfermagem, 10(4). https://doi.org/10.5216/ree.v10.46800

Edição

Seção

Artigo Original