Atitudes e conhecimentos de técnicos de enfermagem sobre cuidados a pacientes com transtornos mentais

Autores

  • Zilda Maria de Melo Universidade de Franca
  • Natália Priolli Jora Pegoraro Centro de Atenção Psicossocial de de Ribeirão Preto.
  • Manoel Antônio dos Santos Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
  • Sandra Cristina Pillon Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v18.37746

Palavras-chave:

Transtornos Mentais, Cuidados de Enfermagem, Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde

Resumo

O estudo teve por objetivo avaliar atitudes e conhecimentos teórico-práticos de técnicos de enfermagem sobre cuidados a pacientes com transtornos mentais. Estudo descritivo realizado em um pronto socorro municipal do interior paulista. Informações sociodemográficas e formação profissional, atitudes e conhecimentos sobre identificação de sinais e sintomas, sentimentos e assistência de enfermagem a pessoas com transtornos mentais foram avaliadas em 69 técnicos de enfermagem, caracterizados por serem do sexo feminino, adultos, com ensino médio e nível superior. A maioria recebeu conteúdo teórico sobre como identificar sinais e sintomas, porém menos da metade recebeu informações sobre a sistematização da assistência de enfermagem. Apesar de sentirem muito interesse na área de psiquiatria, os profissionais percebiam esses pacientes como indivíduos imprevisíveis, necessitado de cuidados constantes. Constatou-se a necessidade de melhores investimentos em temas relacionados aos cuidados de enfermagem para que os profissionais possam oferecer uma assistência de melhor qualidade as pessoas com transtornos mentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zilda Maria de Melo, Universidade de Franca

Enfermeira, Mestre em Tecnologia e Inovação em Enfermagem. Universidade de Franca. Franca, SP, Brasil. E-mail: melozilda@usp.br.

Natália Priolli Jora Pegoraro, Centro de Atenção Psicossocial de de Ribeirão Preto.

Enfermeira, Doutora em Enfermagem Psiquiátrica. Enfermeira Coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial de de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: natalia.jora@usp.br.

Manoel Antônio dos Santos, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto

Psicólogo, Doutor em Psicologia Clínica. Professor Associado da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: masantos@ffclrp.usp.br.

Sandra Cristina Pillon, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Psiquiatria e Psicologia Médica. Professor Associado da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/USP. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: pillon@eerp.usp.br.

Publicado

31-03-2016

Como Citar

1.
Melo ZM de, Pegoraro NPJ, Santos MA dos, Pillon SC. Atitudes e conhecimentos de técnicos de enfermagem sobre cuidados a pacientes com transtornos mentais. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de março de 2016 [citado 24º de janeiro de 2022];18. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/37746

Edição

Seção

Artigo Original