Representações sociais da violência escolar na expressão de jovens estudantes

  • Marta Cocco da Costa Universidade Federal de Santa Maria
  • Ethel Bastos da Silva Universidade Federal de Santa Maria
  • Alice do Carmo Jahn Universidade Federal de Santa Maria
  • Indiara Sartori Dalmolin Universidade Federal de Santa Maria
  • Mileni dos Santos Universidade Federal de Santa Maria
  • Cristiane Moraes da Silva
Palavras-chave: Violência, Saúde Escolar, Enfermagem.

Resumo

Neste estudo objetivou-se analisar as representações sociais da violência escolar na expressão de jovens estudantes de escolas públicas de uma cidade do noroeste do estado do Rio Grande do Sul. Trata-se de estudo qualitativo, de caráter descritivo e compreensivo das Representações Sociais, realizado em duas escolas públicas, em agosto de 2010, com treze jovens de 16 a 18 anos de idade, sendo nove do sexo feminino e quatro do sexo masculino. Utilizou-se a técnica projetiva para a coleta de dados que fora, analisados à luz do referencial teórico das representações sociais. Os achados do estudo revelaram quatro núcleos de sentido, figurativos e simbólicos: condutas antissociais; exclusão entre colegas; autoritarismo dos professores; e contexto social e familiar. O estudo mostra a necessidade de trabalho intersetorial, articulação em redes de serviços e elaboração de políticas públicas que norteiem ações complementares e de enfrentamento dessa problemática.

Descritores: Violência; Saúde Escolar; Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Cocco da Costa, Universidade Federal de Santa Maria
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Santa Maria - CESNORS (Campus Palmeira das Missões) – UFSM/CESNORS. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: marta.c.c@ufsm.br.
Ethel Bastos da Silva, Universidade Federal de Santa Maria
Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Professora Assistente do Departamento de Ciências da UFSM/CESNORS. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: ethelbastos@hotmail.com.
Alice do Carmo Jahn, Universidade Federal de Santa Maria
Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da UNIFESP. Professora Assistente do Departamento de Ciências da UFSM/CESNORS. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: jahnalice@gmail.com.
Indiara Sartori Dalmolin, Universidade Federal de Santa Maria
Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da UFSM/CESNORS. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: indi2007dalmolin@hotmail.com.
Mileni dos Santos, Universidade Federal de Santa Maria
Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da UFSM/CESNORS. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: milenidsantos@hotmail.com.
Cristiane Moraes da Silva
Enfermeira. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: cristianemoraesdasilva@yahoo.com.br.
Publicado
30-09-2012
Como Citar
Costa, M., Silva, E., Jahn, A., Dalmolin, I., Santos, M., & Silva, C. (2012). Representações sociais da violência escolar na expressão de jovens estudantes. Revista Eletrônica De Enfermagem, 14(3), 514-22. https://doi.org/10.5216/ree.v14i3.12981
Seção
Artigo Original