TENISTAS TOP 100 – UM ESTUDO SOBRE AS IDADES DE PASSAGENS PELOS DIFERENTES MARCOS DA CARREIRA DESPORTIVA

  • Caio Correa Cortela Federação Paranaense de Tênis
  • Manuel João Coelho e Silva Universidade de Coimbra
  • Juan Pedro Fuentes García Universidade de Extremadura
  • Débora Navarro Rocha Universidade Estadual de Ponta Grossa
Palavras-chave: Competición. Carrera deportiva. Evolución en los rankings.

Resumo

O presente trabalho procurou analisar o percurso desportivo dos tenistas que integraram o Top 100 do ranking ATP, observando-se as idades em que os mesmos ultrapassaram os diferentes marcos da carreira desportiva. Neste sentido, foram produzidas estatísticas de tendência central e de dispersão sobre as variáveis selecionadas. Complementarmente, os tenistas foram divididos em três grupos com diferentes níveis de desempenho máximo e seus resultados foram comparados através da ANOVA. Os resultados demonstraram que os tenistas iniciam a prática do tênis aos seis anos de idade, levando em média 15 anos para atingirem o Top 100 do ranking ATP.

Palavras-chave: Tênis - Competição - Percurso Desportivo - Evolução nos rankings

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Correa Cortela, Federação Paranaense de Tênis

Caio Correa Cortela, Mestre. Diretor Técnico da Federação Paranaense de Tênis.

http://lattes.cnpq.br/4422777088160990

Manuel João Coelho e Silva, Universidade de Coimbra

Manuel João Coelho e Silva, Doutor. Professor Associado da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, nos programas de licenciatura, mestrado e doutorado.

http://lattes.cnpq.br/1045017989201656

Juan Pedro Fuentes García, Universidade de Extremadura
Débora Navarro Rocha, Universidade Estadual de Ponta Grossa
Débora Navarro Rocha, Mestranda. Professora colaboradora da Universidade Estadual de Ponta Grossa.
Publicado
21-12-2010
Como Citar
Cortela, C. C., Coelho e Silva, M. J., Fuentes García, J. P., & Rocha, D. N. (2010). TENISTAS TOP 100 – UM ESTUDO SOBRE AS IDADES DE PASSAGENS PELOS DIFERENTES MARCOS DA CARREIRA DESPORTIVA. Pensar a Prática, 13(3). https://doi.org/10.5216/rpp.v13i3.9653
Seção
Artigos Originais