Construção das identidades de gênero na infância: os discursos dos brinquedos e brincadeiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v24.64935

Palavras-chave:

Identidade de gênero. Jogos e brincadeiras. Cultura infantil. Creche.

Resumo

Esta pesquisa analisou como a interação entre as crianças de uma Creche, bem como os significados de gênero, que emergem de brinquedos e brincadeiras na infância, contribuem para a construção de suas identidades de gênero. O estudo, de caráter qualitativo, utilizou a observação participante para analisar a interação entre 15 crianças de uma turma, com idades entre 3 e 4 anos, com as educadoras e com os brinquedos e as brincadeiras. Percebeu-se que as experiências entre as crianças são atravessadas por discursos performativos de gênero. Evidenciou-se nas interações que os papéis de gênero estão próximos daqueles vividos pelos adultos com os quais elas convivem e os brinquedos e brincadeiras tendem a reproduzir os papéis de masculinidade e feminilidade normativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-07-26

Como Citar

NATALIE BARRA GODOY, K.; MOURÃO, L.; LOVISI OLIVEIRA, A. .; CHAVES, B. Construção das identidades de gênero na infância: os discursos dos brinquedos e brincadeiras. Pensar a Prática, Goiânia, v. 24, 2021. DOI: 10.5216/rpp.v24.64935. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/64935. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais