EFEITOS DE UM PROGRAMA REGULAR DE ATIVIDADE GENERALIZADA SOBRE OS DISTÚRBIOS MOTORES DE UMA PESSOA COM DOENÇA DE PARKINSON

  • Hayka Kattriny Teixeira
  • Gerson Carneiro de Farias
  • Marcus Fraga Vieira

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de seis meses de um programa regular de atividade física sobre os distúrbios motores em uma pessoa idosa com a doença de parkinson. O sujeito pesquisado foi uma pessoa idosa do sexo feminino, sedentária, portadora da doença há dez anos. O programa foi desenvolvido durante seis meses com o apoio do Centro Goiano de Neurologia e Neurocirurgia. Para avaliar o nível de rigidez, a bradicinesia, a capacidade de se levantar da cadeira e se locomover e as alterações posturais foi utilizado um exame motor (BRITO, 1998), com avaliações antes e após o programa. Com dois meses de atividade física houve melhora na rigidez, na bradicinesia e no equilíbrio, contribuindo para a autonomia e independência do sujeito pesquisado. PALAVRAS-CHAVE: Doença de Parkinson – Idoso – Atividade física

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-11-2006
Como Citar
Teixeira, H., de Farias, G., & Vieira, M. (2006). EFEITOS DE UM PROGRAMA REGULAR DE ATIVIDADE GENERALIZADA SOBRE OS DISTÚRBIOS MOTORES DE UMA PESSOA COM DOENÇA DE PARKINSON. Pensar a Prática, 7(1), 27-44. https://doi.org/10.5216/rpp.v7i1.64
Seção
Artigos Originais