Desenvolvimento da capacidade de ensinar durante o PIBID na área de educação física

Autores

  • Roraima Alves Costa Filho Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, São Paulo, Brasil, roraimaacfilho@gmail.com
  • Roberto Tadeu Iaochite Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, São Paulo, Brasil, roberto.iaochite@unesp.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v23.59355

Palavras-chave:

autoeficácia, formação profissional, iniciação à docência

Resumo

Este estudo investigou o desenvolvimento da autoeficácia docente de futuros professores ao longo da participação em um programa de iniciação à docência na área de educação física. Participaram 16 licenciandos em educação física que responderam à escala de autoeficácia docente e de fontes de autoeficácia docente em três momentos distintos em 2015 e 2016. Os resultados de análises exploratórias e inferenciais mostraram um desenvolvimento positivo da autoeficácia docente, com diferenças significativas observadas nas dimensões de estratégias de ensino e engajamento dos estudantes quando considerados o ano e o nível de ensino em que as atividades foram realizadas. Essas evidências podem ajudar a traçar propostas formativas para estudantes em formação inicial em educação física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-10-2020

Como Citar

Costa Filho, R. A., & Iaochite, R. T. (2020). Desenvolvimento da capacidade de ensinar durante o PIBID na área de educação física. Pensar a Prática, 23. https://doi.org/10.5216/rpp.v23.59355

Edição

Seção

Artigos Originais