Atitude implícita e explícita em relação à obesidade entre treinadores de futsal da cidade de Londrina - PR

Autores

  • Lucas Rafael de Castro Bettone Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná, Brasil, lucasbettone@gmail.com
  • Márcia Greguol Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, Paraná, Brasil, mgreguol@uel.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v23.57254

Palavras-chave:

Atitude implícita. Obesidade. Futsal. Obesidade infantil.

Resumo

Este estudo objetivou investigar a atitude implícita e explícita de 15 treinadores nas escolas de futsal da cidade de Londrina-PR. Foi utilizado o “Teste de Associação Implícita” e o Questionário “Crandall” para avaliação dos preconceitos implícito e explícito. Os resultados apontaram uma maior Antipatia ao obeso para os treinadores eutróficos. Ainda, os treinadores mais jovens apresentaram atitudes explícitas mais negativas em relação à obesidade. Observa-se que as atitudes implícitas negativas devem ser reduzidas, pois têm potencial de trazer graves problemas às crianças e que os treinadores têm papel fundamental neste processo, visto que as atitudes negativas podem afastar crianças da prática esportiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-08-2020

Como Citar

de Castro Bettone, L. R., & Greguol, M. (2020). Atitude implícita e explícita em relação à obesidade entre treinadores de futsal da cidade de Londrina - PR. Pensar a Prática, 23. https://doi.org/10.5216/rpp.v23.57254

Edição

Seção

Artigos Originais