Comparação dos ementários das disciplinas de natação nos cursos de licenciatura e bacharelado em educação física no Brasil e suas consequências.

  • Malvina Exquibel UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
  • Suzana Matheus Pereira UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
  • Caroline Ruschel UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
  • Gustavo Soares Pereira UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
Palavras-chave: Natação. Curriculum. Licenciatura. Bacharelado.

Resumo

Comparou-se as ementas e/ou conteúdos das disciplinas de Natação/Atividades Aquáticas pertencentes às fases de adaptação e ensino dos nados dos cursos de Licenciatura e Bacharel em Educação Física de 42 universidades públicas brasileiras que oferecem os dois cursos concomitantemente, para conhecer as diferenças e similitudes entre as duas modalidades da graduação. Verificou-se que 74% das universidades apresentaram conteúdos e créditos idênticos ou similares, inferindo que uma quantidade significativa de graduados em EF nas instituições públicas no Brasil tem similares bases teóricas e subsídios curriculares necessários para intervir nos campos de trabalho da adaptação e ensino dos nados em qualquer âmbito, seja este formal ou não formal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Malvina Exquibel, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.

Possui graduação em Educação Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2017).

Suzana Matheus Pereira, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
Doutora em Ciências do Desporto pela Universidade do Porto (2009). Possui mestrado em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2001). Atualmente é professora adjunta da Universidade do Estado de Santa Catarina e desenvolve projetos de pesquisa em Fisioterapia, Biomecânica, Natação, Iatismo, Pilates, Hidroginástica e Exercícios Aquáticos no Laboratório de Pesquisas em Biomecânica Aquática do Centro de Ciências da Saúde e Desporto da UDESC.
Caroline Ruschel, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
Possui graduação em Educação Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC (2005), Mestrado em Ciências do Movimento Humano pela UDESC (2009) e Doutorado em Ciências do Movimento pela UDESC (2014). Atualmente é Professora Adjunta no Centro de Ciências da Saúde e do Esporte da UDESC, e Coordenadora de Pesquisa na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UDESC . É pesquisadora vinculada ao Laboratório de Pesquisas em Biomecânica Aquática e tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: biomecânica, natação e exercícios aquáticos.
Gustavo Soares Pereira, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC Centro de Ciências da Saúde e do Esporte.
Possui graduação em Educação Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2013) e mestrado em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2015). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Biomecânica, atuando principalmente nos seguintes temas: biomecânica, desempenho, padrão motor, natação e salto vertical.
Publicado
18-10-2019
Como Citar
Exquibel, M., Matheus Pereira, S., Ruschel, C., & Soares Pereira, G. (2019). Comparação dos ementários das disciplinas de natação nos cursos de licenciatura e bacharelado em educação física no Brasil e suas consequências. Pensar a Prática, 22. https://doi.org/10.5216/rpp.v22.54651
Seção
Artigos Originais