Atletas de diferentes modalidades esportivas com cor da pele preta tem menor autoestima independentemente de seu status de atleta

Autores

  • Victor Rodrigues Goulart Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Walan Robert Da Silva Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Thiago Emannuel Medeiros Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Fernando Luiz Cardoso Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v22.51920

Palavras-chave:

Racismo, Autoestima, Psicologia do Esporte, Preconceito

Resumo

O presente estudo verificou possíveis diferenças na percepção da autoestima em atletas com diferentes cores de pele auto relatadas. Participaram 256 atletas com 22,1(dp:4,5) anos de diferentes modalidades esportivas. Utilizou-se um “Questionário de Caracterização dos Atletas” e a “Escala de Autoestima de Rosenberg”. Para verificar diferenças nas variáveis foi utilizada ANOVA e Bonferroni. A maioria dos atletas eram brancos, homens, com escolaridade média completa, oriundos do futebol de campo e competiam em nível nacional e internacional. A autoestima foi significativamente menor nos atletas de cor de pele preta. Conclui-se que esses atletas sofrem maior influência depreciativa em sua autoestima, não sendo atenuada pelo seu status positivo de atleta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Rodrigues Goulart, Universidade do Estado de Santa Catarina

Departamento de Educação Física.

Educação Física.

Walan Robert Da Silva, Universidade do Estado de Santa Catarina

Ciências do Movimento Humano.

Educação Física.

Thiago Emannuel Medeiros, Universidade do Estado de Santa Catarina

Ciências do Movimento Humano.

Educação Física.

Fernando Luiz Cardoso, Universidade do Estado de Santa Catarina

Ciências do Movimento Humano.

Educação Física.

Downloads

Publicado

24-04-2019

Como Citar

Goulart, V. R., Da Silva, W. R., Medeiros, T. E., & Cardoso, F. L. (2019). Atletas de diferentes modalidades esportivas com cor da pele preta tem menor autoestima independentemente de seu status de atleta. Pensar a Prática, 22. https://doi.org/10.5216/rpp.v22.51920

Edição

Seção

Artigos Originais