DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: REFLEXÕES ACERCA DE SUA COMPLEXIDADE

  • Ricardo Rezer Unochapecó - UFSC
  • Paulo Evaldo Fensterseifer Unijuí
Palavras-chave: Educação Física, docência, prática pedagógica

Resumo

O objetivo deste artigo é refletir acerca da complexidade da docência no campo da Educação Física (EF). Para tal, se subdivide em três momentos: a responsabilização do entorno do processo de intervenção; a prática pedagógica no ensino superior e a formação permanente, como possibilidades importantes para resgatar a complexidade do exercício da docência em EF. Conclui-se que, uma mudança de paradigma na formação inicial, a formação permanente de caráter crítico-reflexivo e o desenvolvimento de pesquisas mais imbricadas a realidade, podem representar “focos de ruptura” possíveis de serem considerados no processo de resgate da complexidade da docência em EF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Evaldo Fensterseifer, Unijuí

Professor do Departamento de Pedagogia da UNijuí; Doutor em Educação (Unicamp).

Publicado
12-03-2009
Como Citar
Rezer, R., & Fensterseifer, P. E. (2009). DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: REFLEXÕES ACERCA DE SUA COMPLEXIDADE. Pensar a Prática, 11(3), 319. https://doi.org/10.5216/rpp.v11i3.4960
Seção
Ensaios