A MOTIVAÇÃO PARA AS PRIMEIRAS PERIPÉCIAS NA GINÁSTICA ARTÍSTICA: A PERSPECTIVA DE PRATICANTES INICIANTES

  • Vitor Ricci Costa Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo
  • Maurício dos Santos Oliveira Departamento de Desportos - Universidade Federal do Espírito Santo
  • Michele Viviene Carbinatto Escola de Educação Física e Esporte - Universidade de São Paulo
  • Myrian Nunomura Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Ginástica Artística, Motivação, Pedagogia do Esporte

Resumo

O objetivo do presente estudo foi identificar os fatores que motivaram as crianças a iniciar a prática de GA. Entrevistamos ginastas iniciantes de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e, para o seu tratamento, recorremos à técnica de “Análise de Conteúdo”. Os resultados revelaram que, tanto motivos intrínsecos quanto extrínsecos atraíram os ginastas iniciantes para a modalidade. Contudo, observamos que os fatores extrínsecos exercem maior impacto, principalmente, devido à influência social da família e dos treinadores. Acreditamos que os resultados podem indicar caminhos para a atuação dos treinadores nesse estágio da formação esportiva e assim potencializar a adesão dos praticantes à Ginástica Artística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitor Ricci Costa, Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo

Aluno de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação Física e Esporte da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EEFERP-USP). Bacharel em Educação Física e Esporte pela EEFERP-USP em 2015. Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: carreira esportiva, pedagogia do esporte, ginástica artística.

Link de acesso ao Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9666028189341939

Maurício dos Santos Oliveira, Departamento de Desportos - Universidade Federal do Espírito Santo

Licenciado Pleno e Bacharel em Treinamento em Esportes pela Faculdade de Educação Física (FEF) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestrado em Educação Física, na área de concentração Educação Física e Sociedade - Linha de pesquisa Esporte e Sociedade - pela FEF/UNICAMP. Doutor em Ciências pela Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da Universidade de São Paulo (USP) na área de concentração Pedagogia do Movimento Humano. Ademais, possui o título de instrutor em esportes pela Escola de Ginástica de Ollerup (Gymnastikhøjskolen i Ollerup) na Dinamarca. Membro da Equipe Universitária de Estudos da Ginástica e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ginástica da USP (GYMNUSP). Docente do Departamento de Desportos alocado no Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Link de acesso ao Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4786947482425420

Michele Viviene Carbinatto, Escola de Educação Física e Esporte - Universidade de São Paulo

Doutora em Educação Física pela USP (2012), Licenciada e Bacharel em Educação Física pela UNICAMP (2003/2006). Vivenciou estudos e práticas de Ginástica em Viborg-Dinamarca (2007). Atualmente é docente na Universidade de São Paulo (USP) na Escola de Educação Física e Esportes, curso de Esporte. É orientadora de mestrado e doutorado no curso de pós-graduação da EEFE/USP. É líder do grupo de estudos e pesquisa GYMNUSP e pesquisadora do grupo NUCORPO. É Coordenadora Técnica da modalidade Ginástica Para Todos da Confederação Brasileira de Ginástica. Temas de pesquisa: formação profissional; formação de atletas; pedagogia do esporte; ginástica.

Link de acesso ao Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8121445153017136

Myrian Nunomura, Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo

Graduação (Licenciatura) em Educação Física pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (1989). Mestrado em Educação pela Yokohama National University, Japão (1995). Doutorado em Ciências do Esporte pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Pós-doutoramento no Institute of Health and Sports Sciences da University of Tsukuba, Japão (2006-2008). Livre docência em Educação Física pela Universidade de São Paulo (2009). Atualmente é professora Associada 2 da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Desenvolve estudos em Ginástica Artística e Pedagogia do Esporte (formação esportiva, formação profissional e carreira esportiva). Orienta mestrado no programa da FFCLRP-USP e doutorado no programa da EEFE-USP.

Link de acesso ao currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0318875503554406

Publicado
30-06-2017
Como Citar
Ricci Costa, V., dos Santos Oliveira, M., Viviene Carbinatto, M., & Nunomura, M. (2017). A MOTIVAÇÃO PARA AS PRIMEIRAS PERIPÉCIAS NA GINÁSTICA ARTÍSTICA: A PERSPECTIVA DE PRATICANTES INICIANTES. Pensar a Prática, 20(2). https://doi.org/10.5216/rpp.v20i2.43614
Seção
Artigos Originais