OBESIDADE NA ADOLESCÊNCIA: A INTERDISCIPLINARIDADE COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

Autores

  • Edison Marcos Barreto Filho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Campos Centro
  • Geilsa Soraia Cavalcanti Valente Escola de enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v20i4.43364

Palavras-chave:

Comunicação Interdisciplinar, Obesidade, Adolescente, Educação Física e Treinamento.

Resumo

O objetivo do estudo foi identificar se docentes de um instituto federal atuam na perspectiva do trabalho interdisciplinar, contribuindo para a promoção da saúde e prevenção da obesidade de escolares. Para tanto, desenvolveu-se um estudo de caso descritivo, por meio de entrevistas semiestruturadas com onze docentes, em novembro de 2015, cujos dados foram submetidos à análise de conteúdo. Os resultados apontam para a importância da interdisciplinaridade no contexto do trabalho docente como fator de promoção e prevenção da obesidade. A escola é um ambiente de discussão, e não se pode achar que uma disciplina ou um docente trabalhando isoladamente pode contribuir para o processo de prevenção da obesidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edison Marcos Barreto Filho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Campos Centro

Graduado em Educação Física, Mestre em Enfermagem; Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense

Geilsa Soraia Cavalcanti Valente, Escola de enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense

Enfermeira; Doutora em Enfermagem; Professora Adjunta do Departamento de Fundamentos de Enfermagem e Administração da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense- UFF

Downloads

Publicado

22-12-2017

Como Citar

Barreto Filho, E. M., & Cavalcanti Valente, G. S. (2017). OBESIDADE NA ADOLESCÊNCIA: A INTERDISCIPLINARIDADE COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE. Pensar a Prática, 20(4). https://doi.org/10.5216/rpp.v20i4.43364

Edição

Seção

Artigos Originais