INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO AERÓBICO E RESISTIDO SOBRE OS PARÂMETROS METABÓLICOS E CARDIOVASCULARES DE MULHERES IDOSAS

  • Susana América Ferreira Universidade Federal de Viçosa
  • Sylvia do Carmo Castro Franceschini Universidade Federal de Viçosa Departamento de Nutrição e Saúde
  • Andréia Cristiane Carrenho Queiroz Escola de Educação Física e Esporte, Universidade de São Paulo, São Paulo Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Juiz de Fora, Governador Valadares
  • Paulo Roberto dos Santos Amorim Universidade Federal de Viçosa Departamento de Educação Física
  • Bárbara Braga Fernandes Maia Universidade Federal de Viçosa Departamento de Educação Física
Palavras-chave: Fator de Risco. Saúde do Idoso. Hipertensão. Diabetes. Exercício Físico.

Resumo

Este estudo busca verificar a influência do treinamento aeróbico (TA) e resistido (TR) sobre parâmetros metabólicos e cardiovasculares, além da prevalência de fatores de risco cardiovasculares (FRC) em idosas. O estudo foi realizado com 39 mulheres (69±6 anos) submetidas a três sessões semanais de TA e TR por 13 semanas. Obteve-se redução da pressão arterial (PA) sistólica (-7,8mmHg, p=0,01), da PA diastólica (-2,1mmHg, p=0,04), da prevalência de hipertensão arterial (p=0,04), da FCRep (-4bpm, p=0,03), do duplo produto (-843,3mmHgxbpm, p=0,02) e tendência de redução da glicose sanguínea (p=0,06). Porém, houve manutenção dos parâmetros lipídicos. Assim, o treinamento ocasionou melhora cardiovascular e tendência na redução da glicemia, sem melhorias no perfil lipídico das idosas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Susana América Ferreira, Universidade Federal de Viçosa
Mestre em Educação Física na área de Aspectos Biodinâmicos do Movimento Humano - Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Especialista em Fisiologia do Exercício com ênfase em prescrição de exercícios pela Universidade Gama Filho (UGF). Bacharel e Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Tem experiência na área de fisiologia do exercício e treinamento esportivo, atuando principalmente nos seguintes temas: treinamento físico, envelhecimento, qualidade de vida e saúde coletiva.
Sylvia do Carmo Castro Franceschini, Universidade Federal de Viçosa Departamento de Nutrição e Saúde

Graduada em Nutrição pela Universidade Metodista de Piracicaba (1986), com Especialização em Nutrição Básica e Aplicada na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo; Mestrado em Nutrição pela Universidade Federal de São Paulo (1995) e Doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (1999). Professora Titular do Departamento de Nutrição e Saúde da Universidade Federal de Viçosa e Chefe deste Departamento de 1999 a 2001. Foi membro (2004 a 2007) e Coordenadora (2007) da Câmara de Ciências da Saúde da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). Foi Chefe do Departamento de Medicina e Enfermagem (2010 a 2011) e da Divisão de Saúde (2005 a 2011), ambos da Universidade Federal de Viçosa. Membro (mandato de 2009 a 2013) do Conselho Deliberativo do AGROS - Instituto UFV de Seguridade Social e Presidente deste Conselho (2011 a 2013). Orientadora no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição, da UFV e no Programa de Saúde da Criança e do Adolescente, da UFMG. Tem experiência na área de Nutrição, com ênfase em Análise Nutricional de Populações, atuando principalmente nos seguintes temas: estado nutricional, antropometria, anemia ferropriva e outras doenças carenciais, aleitamento materno e avaliação nutricional. De Junho de 2011 a Julho de 2015 foi Pró-Reitora de Assuntos Comunitários da Universidade Federal de Viçosa. Coordenadora da Regional Sudeste (2012-2013) e Coordenadora Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (FONAPRACE), 2013-2014.

 CV: http://lattes.cnpq.br/7345034905494861

Andréia Cristiane Carrenho Queiroz, Escola de Educação Física e Esporte, Universidade de São Paulo, São Paulo Departamento de Educação Física, Universidade Federal de Juiz de Fora, Governador Valadares

Possui Bacharelado e Licenciatura em Educação Física pelo Centro Universitário FIEO (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2013) em Ciências na área de Educação Física (Biodinâmica do Movimento Humano) na Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo, com período de Doutorado Sanduíche na Università Degli Studi di Milano, sob orientação do Prof. Dr. Nicola Montano (2012). Atualmente é Profa. Adjunta do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora, campus Governador Valadares. E-mail:

CV: http://lattes.cnpq.br/5542998551712168

Paulo Roberto dos Santos Amorim, Universidade Federal de Viçosa Departamento de Educação Física

Doutorado em saúde pela Queensland University of Tecnology - Austrália (2008). Pós-doutorado na Bond University, Austrália (2015). Professor adjunto IV da Universidade Federal de Viçosa. Tem experiência na área da atividade física, gasto energético e saúde. Seus interesses atuais concentram-se nos estudos de validação das técnicas de medida da atividade física e do gasto energético em crianças, adolescentes e adultos, bem como sua aplicabilidade em estudos de intervenção para controle do excesso de gordura corporal e controle glicêmico em obesos e diabéticos.

CV: http://lattes.cnpq.br/0573697314303197
Bárbara Braga Fernandes Maia, Universidade Federal de Viçosa Departamento de Educação Física

Doutora em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Federal de Viçosa-MG (2014); Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa-MG (2010); Especialista em Prescrição de Exercícios para Reabilitação Cardíaca e Grupos Especiais pela Universidade Gama Filho (2007); Graduação e Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa-MG (2005). Docente com ênfase em Ciências da Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: Fisiologia humana e do exercício, osteoporose e exercício; envelhecimento, saúde e qualidade de vida, metodologia da pesquisa. Docente Temporário do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), campus Timóteo-MG, lecionando a disciplina de Educação Física. Docente na Faculdade Pitágoras - Ipatinga,MG, lecionando as disciplinas de Fisiologia do Exercício, Atividade Física e Envelhecimento, Ciências Morfofuncionais I e Medidas e Avaliação em Educação Física para o Curso de Educação Física; Ciências Morfofuncionais I para o curso de Nutrição; e Ciências Morfofuncionais II para o curso de Enfermagem.
CV: http://lattes.cnpq.br/6039410653703472

Publicado
30-06-2017
Como Citar
América Ferreira, S., do Carmo Castro Franceschini, S., Cristiane Carrenho Queiroz, A., dos Santos Amorim, P. R., & Braga Fernandes Maia, B. (2017). INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO AERÓBICO E RESISTIDO SOBRE OS PARÂMETROS METABÓLICOS E CARDIOVASCULARES DE MULHERES IDOSAS. Pensar a Prática, 20(2). https://doi.org/10.5216/rpp.v20i2.40794
Seção
Artigos Originais