PRÁTICAS CORPORAIS NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO SITUADAS EM VITÓRIA/ESPÍRITO SANTO

Autores

  • Gabriel Carvalho Bungenstab Universidade Federal de Goias
  • Felipe Quintao de Almeida Universidade Federal do Espirito Santo

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v19i1.39054

Resumo

O artigo aborda a relação que os jovens do Ensino Médio tecem com as práticas corporais realizadas por eles dentro e fora da escola. Para tal, a pesquisa envolveu todas as escolas estaduais que ofertam o Ensino Médio na cidade de Vitória, Capital do Espírito Santo (ES). A aplicação de um questionário ofereceu indícios de como os jovens ser relacionam com o saber da educação física e das diferentes práticas corporais. Concluiu-se que há tensões envolvendo as práticas corporais e os jovens alunos(as), fato que aponta a necessidade de ouvir o que os estudantes tem a dizer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Carvalho Bungenstab, Universidade Federal de Goias

Mestre em Educacao Fisica pela UFES.

Doutorando em Sociologia pela UFG.

Felipe Quintao de Almeida, Universidade Federal do Espirito Santo

Doutor em Educacao pela Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

31-03-2016

Como Citar

Bungenstab, G. C., & Almeida, F. Q. de. (2016). PRÁTICAS CORPORAIS NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO SITUADAS EM VITÓRIA/ESPÍRITO SANTO. Pensar a Prática, 19(1). https://doi.org/10.5216/rpp.v19i1.39054

Edição

Seção

Artigos Originais