A OPINIÃO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO MÉDIO SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE E A HOMOFOBIA NA ESCOLA

  • Xênia Ferreira de Oliveira Escola Estadual Maria Eduarda P. Soldera
  • Marcos Roberto Godoi Rede Municipal de Educaçao de Cuiabá e Université de Montréal
  • Luciene Neves Santos Universidade do Estado de Mato Grosso
Palavras-chave: Educação Física, Ensino Médio, homossexualidade. homofobia.

Resumo

O objetivo desteestudo foi investigar a opinião dos professores de Educação Física do EnsinoMédio sobre a homossexualidade e a homofobia na escola, através de um estudoexploratório. Os resultados mostraram que: a) eles identificam os/as alunos/ashomossexuais pela aparência e estereótipos; b) os professores disseram respeitara homossexualidade, mas dois deles acham que é doença ou algo desviante do“normal”; c) para eles, a escola trata os alunos homossexuais sem preconceito;d) já ocorreu preconceito nas aulas de Educação Física e os professores buscaramintervir; d) eles não conhecem metodologias para abordar a questão dadiversidade sexual. Deste modo, concluimos que é necessário investir na formaçãoinicial e continuada dos professores para trabalhar com a diversidade sexual ede gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Xênia Ferreira de Oliveira, Escola Estadual Maria Eduarda P. Soldera
Licenciada em Educaçao Física pela Faculdade Católica Rainha da Paz e especialista em Pedagogia do Esporte pela mesma instituiçao.
Marcos Roberto Godoi, Rede Municipal de Educaçao de Cuiabá e Université de Montréal
Licenciado em Educação Física (1999) e mestre em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (2006). Professor da Rede Municipal de Educação de Cuiabá-MT (2000-atual). Lecionou nos cursos de Educação Física do UNIVAG Centro Universitário (2003-2008) e da Faculdade de Educação Física da UFMT (2008-2009). Membro da Secretaria Estadual do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte em Mato Grosso (2008-2010). Membro dos Grupos de Pesquisa Corpo, Educação e Cultura (COEDUC) e Sociologia da Linguagem e Educação (UFMT). Tem experiência na área sociocultural da Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Física Escolar; corpo, cultura e mídia; esporte, cultura e mídia; gênero, sexualidade e Educação Sexual.
Luciene Neves Santos, Universidade do Estado de Mato Grosso
Licenciada em Educação Física e especialista em Educação Física Escolar pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Mestre em Educação Física, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na Linha Teoria e Prática Pedagógica. Professora assistente na Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), onde exerce docência na formação de professoras/es em Educação Física, de forma articulada com pesquisas sobre Sexualidades e Gênero.
Publicado
30-12-2014
Como Citar
Oliveira, X. F. de, Godoi, M. R., & Santos, L. N. (2014). A OPINIÃO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO MÉDIO SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE E A HOMOFOBIA NA ESCOLA. Pensar a Prática, 17(4). https://doi.org/10.5216/rpp.v17i4.31368
Seção
Artigos Originais