A EDUCAÇÃO FÍSICA COMO COMPONENTE CURRICULAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Nayara Fernanda Perles Jardim Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá
  • Juliana Pizani Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá
  • Fabiane Castilho Teixeira Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá
  • Ieda Parra Barbosa-Rinaldi Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá
Palavras-chave: Currículo, Escola, Educação física

Resumo

Esta pesquisa objetivou investigar, por meio de pesquisa descritiva, como a educação física tem se organizado legal e pedagogicamente na educação infantil e nas séries iniciais do ensino fundamental de escolas municipais de Maringá-PR. Para a coleta de dados utilizamos questionário que foi respondido pela amostra de 16 professores de educação física. Para o tratamento dos dados recorremos à estatística descritiva e à análise de conteúdo. Os resultados indicaram que a organização legal da educação física no município investigado, apresenta conformidade com a legislação vigente, sendo possível concluir que quanto à sua organização pedagógica, a área ainda está em processo de desenvolvimento como um componente curricular, de modo a buscar seu reconhecimento pedagógico e social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nayara Fernanda Perles Jardim, Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá

Possui graduação em Educação Física Licenciatura pela Universidade Estadual de Maringá (2012). Suas pesquisas estão voltadas à Educação Física Escolar enfocando os aspectos pedagógicos em Educação Física (dimensão educacional e formação profissional).

 

http://lattes.cnpq.br/7859542737803181

Juliana Pizani, Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2007). Possui mestrado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL (2011). Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL. É membro do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq e da Equipe Pedagógica do Programa Segundo Tempo da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social - Ministério do Esporte. Suas pesquisas têm como enfoques os aspectos pedagógicos em Educação Física (dimensão educacional e formação profissional), a partir da investigação de fenômenos da cultura de movimento.

http://lattes.cnpq.br/7149328880610490

Fabiane Castilho Teixeira, Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação Física Associado UEM/UEL; Mestre em Educação Física pelo Programa de Pós Graduação Associado UEM/UEL (2012); Especialista em Prescrição Personalizada de Exercícios Físicos- Personal Training pela UEM (2010); Graduada em Educação Física pela UEM (2008). Participante de grupos de pesquisas que direcionam seus estudos à formação e à intervenção profissional. Atua, sobretudo, nos seguintes temas: educação física, dimensão didático-pedagógica, metodologia da pesquisa, formação e intervenção profissional.

 

http://lattes.cnpq.br/3494154981369079

Ieda Parra Barbosa-Rinaldi, Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá - Maringá
Possui doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005), mestrado em Educação Física pela UNICAMP (1999), especialização em Educação Física Infantil pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (1990) e graduação em Educação Física pela UEM (1988). Atualmente é professora Associada-tide A do Departamento de Educação Física da UEM, líder do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq.
Publicado
30-12-2014
Como Citar
Jardim, N. F. P., Pizani, J., Teixeira, F. C., & Barbosa-Rinaldi, I. P. (2014). A EDUCAÇÃO FÍSICA COMO COMPONENTE CURRICULAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Pensar a Prática, 17(4). https://doi.org/10.5216/rpp.v17i4.31250
Seção
Artigos Originais