CORPOREIDADE E EDUCAÇÃO INTEGRAL: O QUE DIZEM OS SUJEITOS NA EXPERIÊNCIA DE ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL DE GOVERNADOR VALADARES - MG

  • Luiza Lana Gonçalves-Silva Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Wagner Wey Moreira Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Palavras-chave: Corpo Humano, Educação, Docentes.

Resumo

Com o objetivo de analisar a concepção de corpo dos educadores da Escola em Tempo Integral de Governador Valadares – MG, esta pesquisa de abordagem fenomenológica, utilizou a Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significados para analisar a resposta dos nove sujeitos participantes. Como resultado, foi descoberto que 56% entendem que o corpo é a parte física, vendo-o como objeto. E ainda, o corpo dos alunos deve ser trabalhado somente com atividades físicas e atividades extras. Conclui-se que as pessoas entrevistadas têm uma visão de corpo fragmentado entre corpo/mente num dualismo pautado no paradigma cartesiano e que a educação integral em tempo integral não compreende o sujeito em sua totalidade devido a esta visão de Ser Humano e de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Lana Gonçalves-Silva, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Possui Graduação em Educação Física - Licenciatura pela Universidade Vale do Rio Doce -Fundação Percival Farquhar (2008). Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade Gama Filho (2010), Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (2014). Atualmente trabalha como docente no curso de Educação Física da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. è vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física e Esportes - GEPEE e membro do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Corporeidade e Pedagogia do Movimento - NUCORPO.
Wagner Wey Moreira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Possui graduação em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba (1973), graduação em Pedagogia Habilitação em Administração e Orientação Educacional pela Faculdade de Educação Osório Campos-RJ (1978), graduação em Pedagogia, Habilitação em Supervisão Escolar pela Faculdade de Educação Dom Bosco (1983), mestrado em Educação (Filosofia) pela Universidade Metodista de Piracicaba (1985), doutorado em Educação (Psicologia Educacional) pela Universidade Estadual de Campinas (1990) e Livre Docência pela Universidade Estadual de Campinas (1993). Foi um dos criadores da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, exercendo aí as funções de Coordenador de Graduação e Diretor Adjunto, bem como professor dos cursos de Graduação, Mestrado e Doutorado dessa Faculdade. Foi professor Titular III da Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP ministrando aulas na graduação e no mestrado em Educação Física. É professor avaliador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP/MEC. É consultor ad hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, consultor ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP, parecerista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES e membro de comissões editoriais de revistas científicas da área da Educação Física e Desporto. Já orientou 61 dissertações de mestrado e 11 teses de doutorado defendidas e aprovadas. Publicou mais de uma dezena de livros, alguns já com elevado número de edições.Tem experiência na área de Educação Física e Desporto, atuando principalmente nos seguintes temas: corporeidade, desporto, educação física escolar, formação profissional e pedagogia do movimento. Como base epistemológica, desenvolve trabalhos associando Educação Física e Desporto com a fenomenologia (em especial Merleau-Ponty) e com as teorias da complexidade (Morin) e visão sistêmica (Capra). E lider do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Corporeidade e Pedagogia do Movimento - NUCORPO/CNPq. Atualmente é professor do Curso de Graduação e Mestrado em Educação Física e do Curso de Mestrado em Educação da Universidade Federal do Triangulo Mineiro - UFTM e professor convidado do Programa de Pós Graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação da Universidade Federal de Pará - UFPA.
Publicado
30-12-2014
Como Citar
Gonçalves-Silva, L. L., & Moreira, W. W. (2014). CORPOREIDADE E EDUCAÇÃO INTEGRAL: O QUE DIZEM OS SUJEITOS NA EXPERIÊNCIA DE ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL DE GOVERNADOR VALADARES - MG. Pensar a Prática, 17(4). https://doi.org/10.5216/rpp.v17i4.30025
Seção
Artigos Originais