CONTATO, IMPROVISAÇÃO E INTERAÇÃO: A DANÇA ENTRE MÃES E FILHOS COM DEFICIÊNCIA

Autores

  • Keyla Ferrari Lopes Faculdade de Educação física da UNICAMP
  • Paulo Ferreira Araújo Faculdade de Educação Fisica da UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v18i1.25748

Palavras-chave:

Dança, deficiência, movimento

Resumo

Este estudo tem como objetivo refletir sobre osdepoimentos de mães de crianças com deficiência que participaram de atividadespráticas de dança contato improvisação juntamente com seus filhos. Asatividades foram planejadas e desenvolvidas com um grupo de crianças e jovenscom diferentes habilidades motoras e cognitivas, onde a participação das mães eranecessária. Foram utilizadas as as contribuições Bardin para análise daentrevista aplicada ao grupo de oito mães que participaram desta atividade. Observamosque a interação entre mãe e filho mediada pelo movimento corporal trouxebenefícios nos aspectos motores, emocionais e afetivos para ambas as partes. Asmães e crianças deste estudo superaram limitações corporais e afetivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keyla Ferrari Lopes, Faculdade de Educação física da UNICAMP

Keyla ferrari- Possui graduação em Pedagogia pelo Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (2001),Especialização em Atividade Motora Adaptada pela UNICAMP (2003) e  disciplinas concluídas do mestrado em Educação Especial pela Faculdade de Motricidade Humana - Universidade Técnica de Lisboa (2006). Mestre em atividade física adaptação e saúde pela FEF  UNICAMP  concluído em Abril de 2011, com auxílio de bolsa do CNPQ. Atualmente  é gestora Ponto de Cultura do Estado de São Paulo CEDAI , atuando na area da dança e das artes cênicas para pessoas com deficiência.

Paulo Ferreira Araújo, Faculdade de Educação Fisica da UNICAMP

Paulo Ferreira de Araújo, è livre docente professor do departamento de atividade física adaptada  da Faculdade de Educação física da UNICAMP.

Downloads

Publicado

2015-03-31

Como Citar

LOPES, K. F.; ARAÚJO, P. F. CONTATO, IMPROVISAÇÃO E INTERAÇÃO: A DANÇA ENTRE MÃES E FILHOS COM DEFICIÊNCIA. Pensar a Prática, Goiânia, v. 18, n. 1, 2015. DOI: 10.5216/rpp.v18i1.25748. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/25748. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais