A EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE DE BRASILIA E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: ASPECTOS EPISTEMOLÓGICOS

Autores

  • Dulce Maria Filgueira de Almeida Suassuna
  • Fábio de Assis Gaspar
  • Juarez Oliveira Sampaio

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v9i2.169

Resumo

Este trabalho apresenta resultados parciais de pesquisa iniciada em 2004, na Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília, tendo como um dos objetivos identificar os paradigmas norteadores do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade de Brasília e suas respectivas influências na formação do corpo docente. O referencial teórico transita pela teoria do conhecimento e a pesquisa segue abordagem qualitativa. Conclui-se que o curso de Licenciatura em Educação Física apresenta disputa de campos entre as áreas da Atividade Física e Desempenho Humano e Educação Física, Esporte e Sociedade. A disputa entre estas áreas se constitui em um jogo de linguagens e pode contribuir para legitimar a área de Educação Física, Esporte e Sociedade. PALAVRAS-CHAVE: educação física – Licenciatura – epistemologia – formação de professores

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-11-2006

Como Citar

de Almeida Suassuna, D. M. F., de Assis Gaspar, F., & Oliveira Sampaio, J. (2006). A EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE DE BRASILIA E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: ASPECTOS EPISTEMOLÓGICOS. Pensar a Prática, 9(2), 197–212. https://doi.org/10.5216/rpp.v9i2.169

Edição

Seção

Artigos Originais