COTIDIANO E DANÇA NA PERIFERIA: REFLEXÕES PARA UMA PRÁTICA EDUCATIVA

Autores

  • Thais Gomes Ferraz

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v6i0.16053

Resumo

O estudo envolve uma pesquisa na comunidade periférica Shangri-Lá, município de Goiânia, onde foram efetuadas intervenções, observações e entrevistas com crianças e mães participantes de um projeto de educação ambiental. Embasados no referencial teórico de Agnes Heller e Newton Duarte, procuramos identificar e discutir o cotidiano e os preconceitos referentes à dança oriundos na comunidade, com o intuito de promover reflexões pertinentes à prática educativa. Neste sentido, a construção de comportamentos e pensamentos com respeito à dança é analisada em processo de relações com diferentes meios e instituições. PALAVRAS-CHAVE: Cotidiano - Preconceito - Dança - Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-11-2006

Como Citar

Ferraz, T. G. (2006). COTIDIANO E DANÇA NA PERIFERIA: REFLEXÕES PARA UMA PRÁTICA EDUCATIVA. Pensar a Prática, 6, 117–138. https://doi.org/10.5216/rpp.v6i0.16053

Edição

Seção

Artigos Originais