AS RELAÇÕES ENTRE ARTE E TECNOLOGIA: A DANÇA HÍBRIDA DO CENA 11

  • Elisa Abrão Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: arte – dança híbrida – tecnologia

Resumo

O presente trabalho busca compreender as relações estabelecidas entre tecnologia e arte a partir da proposta de dança híbrida da Companhia de Dança Cena 11, de Florianópolis. Para tanto, analisamos espetáculos e a preparação física dos dançarinos a partir da observação de um conjunto de treinos e entrevistas realizadas com os integrantes do grupo, aproveitando parte de uma pesquisa de dissertação de Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Neste artigo, destacamos dois eixos para a análise desta relação. O primeiro aborda a compreensão do grupo sobre as tecnologias como extensão do corpo; o segundo versa sobre as funções assumidas pelas tecnologias na arte do grupo e as implicações para aqueles sujeitos envolvidos, mediante a concepção de arte presente no grupo. PALAVRAS-CHAVES: arte – dança híbrida – tecnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Abrão, Universidade Federal de Santa Catarina
Elisa Abrão é mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina na linha de Teoria e Prática Pedagógica.
Publicado
13-09-2007
Como Citar
Abrão, E. (2007). AS RELAÇÕES ENTRE ARTE E TECNOLOGIA: A DANÇA HÍBRIDA DO CENA 11. Pensar a Prática, 10(2), 53-68. https://doi.org/10.5216/rpp.v10i2.1108
Seção
Artigos Originais