Verdades e mentiras sobre a COVID-19 no Equador: ruptura de conhecimentos e seus efeitos sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/sec.v24.66048

Resumo

 A pandemia da COVID-19 significou uma grande crise para o Equador. Afetou gravemente a situação econômica da população e envolveu decisões imediatas em questões educacionais, bem como incerteza e expectativas negativas em questões trabalhistas. Como um experimento social involuntário, mostrou rupturas em três tipos de conhecimentos: o conhecimento prático e cotidiano da população, o conhecimento científico e sobre a ciência e o conhecimento emocional. A formação desses conhecimentos facilita a disseminação de informações falsas, a incompreensão da ciência e a confusão emocional. Para tanto, o artigo se baseia em uma pesquisa de âmbito nacional com mais de 2.000 domicílios no Equador, realizada entre maio e julho de 2020. Esses dados propiciam uma revisão dos impactos sociais da pandemia, inclusive das estruturas pré-existentes que os tornaram possíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Philipp Altmann, Universidad Central del Ecuador, Quito, Ecuador

Professor de Sociologia na Universidad Central del Ecuador. É doutor em Sociologia pela Free University of Berlin.

Rafael Polo, Universidad Central del Ecuador, Quito, Ecuador

Professor de Ciências Sociais na Universidad Central del Ecuador. É doutor em Ciências Sociais pela FLACSO Ecuador.

 

Katiuska King, Universidad Central del Ecuador, Quito, Ecuador

Professora das Faculdades de Ciências Sociais e Humanas e de Ciências Econômicas na Universidad Central del Ecuador. É doutora em Estudos sobre o Desenvolvimento pela Universidad del País Vasco, Espanha.

Rosario Maldonado, Universidade Pablo de Olavide, Sevilha, Espanha

Doutoranda em Ciências Sociais pela Universidad Pablo de Olavide, Espanha, e mestre em Economia pela FLACSO Ecuador, Equador.

Publicado

08-09-2021

Como Citar

Altmann, P., Polo, R., King, K., & Maldonado, R. (2021). Verdades e mentiras sobre a COVID-19 no Equador: ruptura de conhecimentos e seus efeitos sociais. Sociedade E Cultura, 24. https://doi.org/10.5216/sec.v24.66048

Edição

Seção

Dossiê: Ciências Sociais e Covid-19