Trabalho informal, autogestionário e gênero

  • JACOB CARLOS LIMA Universidade Federal de São Carlos

Resumo

Resumo: Este artigo pretende discutir a flexibilização do trabalho e sua precarização como conseqüência. Recupera duas questões relativas a formas de gestão e organização do trabalho que, num quadro de profundas transformações econômicas e sociais, são interpretadas em ângulos ora convergentes, ora contraditórios e excludentes: a) o trabalho informal, b) o trabalho autogestionário, analisados agora dentro da perspectiva participacionista das teorias de gestão empresarial e como alternativa aos custos que integram o trabalho assalariado. Palavras-chave: nova informalidade; trabalho autogestionário; trabalho flexível.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

JACOB CARLOS LIMA, Universidade Federal de São Carlos
Doutor em Sociologia, com pós-doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Professor na Universidade Federal de São Carlos.
Publicado
05-12-2007
Como Citar
LIMA, J. C. (2007). Trabalho informal, autogestionário e gênero. Sociedade E Cultura, 9(2). https://doi.org/10.5216/sec.v9i2.478
Seção
Dossiê