Crianças e jovens e o trabalho doméstico: a construção social do feminino

  • ETHEL VOLFZON KOSMINSKY UNESP
  • JULIANA NICOLAU SANTANA UNESP

Resumo

Resumo: A proposta deste trabalho é contribuir com a discussão das relações de gênero a partir do estudo qualitativo sobre o trabalho doméstico desempenhado por crianças e jovens de idade entre 10 e 17 anos, na cidade de Marília, estado de São Paulo. Geralmente dentro do nosso universo de pesquisa, formados por pessoas pertencentes às camadas populares, encontramos a permanência de relações de gênero bem delimitadas, consolidadas como continuidades e processos históricos. Contudo, nosso estudo indica que tais relações podem se modificar e se deslocar em um processo complexo e sutil de embates e contradições, que está intimamente ligado ao posicionamento histórico da mulher na família brasileira. Desse modo, no entendimento de que gênero envolve relações sociais, permeadas por relações de poder, pretendemos discutir o trabalho infanto-juvenil doméstico, vinculando-o a relações de classe e de gerações. Palavras-chave: trabalho doméstico; relações de gênero; valores sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

ETHEL VOLFZON KOSMINSKY, UNESP
Professora de Sociologia da UNESP – Marília e pesquisadora do CNPq.
JULIANA NICOLAU SANTANA, UNESP
Aluna de Ciências Sociais da UNESP – Marília e bolsista do PIBIC/CNPq.
Publicado
05-12-2007
Como Citar
KOSMINSKY, E. V., & SANTANA, J. N. (2007). Crianças e jovens e o trabalho doméstico: a construção social do feminino. Sociedade E Cultura, 9(2). https://doi.org/10.5216/sec.v9i2.474
Seção
Dossiê