Ação afirmativa e raça no Brasil contemporâneo: um debate sobre a redefi nição simbólica da nação

Autores

  • THAIS SANTOS MOYA Universidade Federal de São Carlos
  • VALTER ROBERTO SILVÉRIO Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.5216/sec.v12i2.9097

Palavras-chave:

relações raciais, ação afirmativa, Estado, nação, enquadramento midiático

Resumo

O artigo centra-se sobre a repercussão da ação afirmativa com critério racial na mídia impressa brasileira (revistas Veja, Época e Istoé e jornais Folha de S. Paulo e Estadode S. Paulo) por meio da análise de enquadramento, durante o período de 1995 a 2006, referente à consolidação da temática no âmbito estatal. A análise enfatiza os enquadramentos interpretativos de “posicionamento”, que corresponde às publicações que apresentaram avaliações sobre o sistema de cotas raciais; de “argumentação”, que observa as construções argumentativas que sustentaram as referidas avaliações, e de “prognóstico”, que explora as propostas alternativas ou complementares ao sistemacitado. A principal conclusão refere-se ao recuo das denúncias sobre as desigualdades raciais brasileiras a partir de 2005, acompanhadas de um intenso aumento de reportagense artigos desfavoráveis ao avanço da ação afirmativa com critério racial no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

THAIS SANTOS MOYA, Universidade Federal de São Carlos

Doutoranda em Sociologia (Universidade Federal de São Carlos)

VALTER ROBERTO SILVÉRIO, Universidade Federal de São Carlos

Doutor em Ciências Sociais (Universidade Estadual de Campinas)Professor da Universidade Federal de São Carlos

Downloads

Publicado

18-03-2010

Como Citar

MOYA, T. S., & SILVÉRIO, V. R. (2010). Ação afirmativa e raça no Brasil contemporâneo: um debate sobre a redefi nição simbólica da nação. Sociedade E Cultura, 12(2), 235–250. https://doi.org/10.5216/sec.v12i2.9097

Edição

Seção

Dossiê