O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista;
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF;
  • O texto está em formato A4; espaço 1,5; fonte times new roman de 12-pontos; com figuras e tabelas inseridas no texto, e em arquivo separado; não utilizar espaços para alinhar tabelas, somente o tabulador;
  • Artigos deverão ter até 10.000 palavras (inclusa a bibliografia)e resenhas até 2.500 palavras;
  • Citações deverão estar em corpo 10, com recuo de 1,5 cm; abstract e resumo em corpo 9; notas e referências bibliográficas, corpo 10; título, corpo 16 e subtítulo, corpo 14;
  • A identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos). Caso o próprio autor seja citado, "Autor" e ano são usados na bibliografia e notas de rodapé, ao invés de Nome do autor, título do documento, etc.
  • Ao submeter seu artigo, os/as autores/as devem identificar sua titulação e afiliação no formulário de cadastro, estando cientes de que a revista publica artigos de doutores/as e o manuscrito possui no máximo quatro autores. Casos diversos serão excepcionais e avaliados individualmente.
  • Todos/as os/as autores/as devem ter o cadastro no ORCID. Para cadastro, acessar o link <https://orcid.org/>. O ORCID (Open Researcher and Contributor ID) é um identificador digital persistente para o autor. ORCID está para o autor assim como o DOI está para um documento digital.

Diretrizes para Autores

1. Apresentação

SOCIEDADE E CULTURA – Revista de Pesquisas e Debates em Ciências Sociais é uma publicação semestral da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás e de seus programas de pós-graduação em Sociologia e em Antropologia Social.

2. Política editorial

2.1. Tipos de trabalhos publicados

Aceita trabalhos inéditos em publicações brasileiras, sob a forma de artigos e ensaios em Ciências Sociais. Excepcionalmente pode publicar também resenhas bibliográficas temáticas, entrevistas e traduções de textos relevantes publicados originalmente fora do país.

SOCIEDADE E CULTURA poderá publicar trabalhos em espanhol ou inglês, desde que apresentados originalmente à revista.

2.2. Avaliação dos trabalhos

A decisão sobre a publicação cabe à Comissão Editorial, que recusará preliminarmente os trabalhos que não se adequarem ao escopo e às normas da revista. Os que atenderem a tais requisitos serão enviados a dois pareceristas externos, seguindo o sistema blind review, em que as identidades do autor e dos pareceristas são mutuamente omitidas.

Os pareceristas podem indicar:

a) a publicação do trabalho em sua forma atual;

b) a publicação com modificações pontualmente sugeridas;

c) a reapresentação do trabalho para nova avaliação após a realização de modificações substanciais, ou

d) a recusa da publicação.

Não serão admitidos acréscimos ou modificações depois que os trabalhos forem entregues para composição.

2.3. Direitos e responsabilidade autorais

Com o envio de seus trabalhos, os autores cedem integralmente seus direitos autorais à SOCIEDADE E CULTURA. A revista não está obrigada a devolver os originais recebidos. As afirmações e conceitos emitidos nos trabalhos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

3. Envio dos trabalhos

 

3.1. Pelo sítio da Revista (http://revistas.ufg.br/index.php/fchf). Neste caso, o autor deve seguir as instruções contidas nos “Itens de Verificação para Submissão”.

4. Formatação dos trabalhos

4.1. Dimensões dos textos

Colaborações devem ser digitadas em Word ou programa compatível.

Artigos e ensaios devem conter até 10 mil palavras (inclusa a bibliografia) e vir acompanhados de resumo em português (com até 150 palavras), em espanhol e em inglês, bem como 5 palavras-chave, que também deverão ser traduzidas.

Resenhas de livros devem ter até 2.500 palavras. As demais contribuições não devem ultrapassar 3.500 palavras.

4.2 Notas de rodapé e citações

As notas deverão ser de natureza substantiva, aparecendo no rodapé, preferencialmente sem ultrapassar 3 linhas e restringindo-se a comentários adicionais ao texto. Citações bibliográficas no próprio texto deverão seguir a forma (Autor, data, página).

4.3. Referências bibliográficas

Ao final do artigo deverão ser listadas as referências bibliográficas, em ordem alfabética, observando-se as regras da ABNT (NBR 6023:2002), exemplificadas nos modelos abaixo:

Livro:

LÉVI-STRAUSS, Claude. As estruturas elementares do parentesco. Petrópolis: Vozes, 1982.

PRZEWORSKI, Adam; STOKES, Susan C.; MANIN, Bernard (Eds.). Democracy, accountability, and representation. New York: Cambridge University Press, 1999.

CALHOUN, Craig et al. (Eds.). Classical sociological theory. 2 ed. Malden, MA: Blackwell, 2007.

Capítulo de livro:

WOLF, Eric. Etnicidade e nacionalidade. In: FELDMAN-BIANCO, Bela; RIBEIRO, Gustavo Lins (Orgs). Antropologia e poder: contribuições de Eric Wolf. Brasília/São Paulo: Ed.UnB/Imprensa Oficial, 2003.

LANZARO, Jorge. Tipos de presidencialismo y modos de gobierno en América Latina. In: _______ (Comp.). Tipos de presidencialismo y coaliciones políticas en América Latina. Buenos Aires: Clacso, 2003.

Artigo em periódico:

BONELLI, Maria da Gloria; BARBALHO, Rennê Martins. O profissionalismo e a construção do gênero na advocacia paulista. Sociedade e Cultura, v. 11, n. 2, p. 275-284, 2008.

Tese ou dissertação:

TAMASO, Izabela Maria. Em nome do patrimônio: representações e apropriações da cultura na cidade de Goiás. Brasília, 2007. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade de Brasília.

Trabalhos apresentados em eventos:

BAQUERO, Marcelo. A democracia e capital social na América Latina: Brasil para além do debate acadêmico. In: CONGRESO LATINOAMERICANO DE CIENCIA POLÍTICA, 1, 2002, Salamanca. Política en América Latina: I Congreso Latinoamericano de Ciencia Política. Salamanca: Ediciones Universidad Salamanca, 2002. p. 837-858.

Artigos em jornais:

BURITY, Joanildo A. Confronto de discursos. O Povo, Fortaleza, p. 6-7, 22 mar. 2008.

Texto disponível na internet:

MALINOWSKI, Bronislaw. The primitive economics of the Trobriand islanders. Economic Journal, vol. 31, p. 97-123, 1921. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2008.

Ocorrências do mesmo autor:

Obras do mesmo autor referenciadas sucessivamente na mesma página devem ser substituídas, nas referências posteriores à primeira, por um espaço sublinear (equivalente a seis espaços) e ponto. Exemplo:

GARZA, Enrique de la (Coord). Tratado latinoamericano de sociología del trabajo. México: Fondo de Cultura Económica/Universidad Autónoma Metropolitana, 2000.

______ (Comp.). Los sindicatos frente a los procesos de transición política. Buenos Aires: Clacso, 2001.

Obras do mesmo autor publicadas no mesmo ano devem ser diferenciadas com o uso de letras logo após a data, sem espaço. Exemplo:

REIS, Fábio Wanderley. Mercado e utopia: teoria política e sociedade brasileira. São Paulo: Ed.USP, 2000a

______. Política e racionalidade: problemas de teoria e método de uma sociologia ‘crítica’ da política. 2. ed. Belo Horizonte: Ed.UFMG, 2000b.

4.4 Complementos

Figuras, desenhos, gráficos, mapas e tabelas devem ser confeccionados eletronicamente e encaminhados em arquivo separado, com indicações claras, ao longo do texto, dos locais em que devem ser incluídos.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados neste site serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.