DEMANDA DE EDUCANDOS DO ESPECTRO AUTISTA NA EDUCAÇÃO ESPECIAL: uma análise dos dados do Rio Grande do Sul

Autores

  • Alexandre Dido Balbinot
  • Gerta Cristina Deszuta Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS
  • Arieli Haubert Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS
  • Silvana Souza Santos Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v21i2.60071

Resumo

Introdução: Este estudo buscou analisar a demanda atual de alunos com Transtorno do Espectro Autista nas instituições de ensino do Rio Grande do Sul afim de compreender por que vias de acesso estes educandos vêm recebendo aporte educacional. Método: Trata-se de um estudo do tipo ecológico, composto por série histórica de dados, originados das matrículas da Educação Especial do Estado do Rio Grande do Sul. A análise foi composta pelo teste de Correlação de Spearman e Regressão de Poisson robusta. O Nível de Significância adotado foi de p<0,05. Resultados: A Educação Especial totalizou 709.290 matrículas, sendo 25% em classes especializadas e 75% em classes comuns. As matrículas de alunos com TEA totalizam 56.277, 8% das matrículas da Educação Especial. Dos alunos com TEA, 83% são provenientes de classes comuns e 17% de classes especializadas. Ao longo do período houve aumento de 8% das matrículas da Educação Especial e 12% para classes comuns, com redução de 2% para classes especializadas. As matrículas de educandos com TEA aumentaram em 13%, sendo 15% em classes comuns e 4% em classes especializadas.

Biografia do Autor

Alexandre Dido Balbinot

Alexandre Dido Balbinot – Mestre em Saúde Coletiva (UNISINOS), Especialista em Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Mental Coletiva (RIS/ESP/HPSP), Especialista em Avaliação e Prescrição de Treinamento Físico Personalizado com ênfase em Rendimento e Saúde Coletiva (ESEF/UFRGS), Graduado em Educação Física (UNISINOS), Professor Especialista do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEL) de Cachoeirinha/RS.

Gerta Cristina Deszuta, Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS

Graduada em Pedagogia (FAPA). Especialista em Educação Especial Inclusiva (CESUCA). Professora especialista do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS.

Arieli Haubert, Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS

Graduada em Psicologia (CESUCA). Pós-graduanda em Intervenções Precoces no Autismo (CBI of Miami). Educadora Social do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS.

Silvana Souza Santos, Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS

Graduada em Educação Física (UFRGS).

Pós graduada em Pedagogias do Corpo e Saúde - UFRGS

 Diretora administrativa do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado de Cachoeirinha/RS.

Downloads

Publicado

21-05-2020

Como Citar

BALBINOT, A. D.; DESZUTA, G. C.; HAUBERT, A.; SANTOS, S. S. DEMANDA DE EDUCANDOS DO ESPECTRO AUTISTA NA EDUCAÇÃO ESPECIAL: uma análise dos dados do Rio Grande do Sul. Espaço em Revista, [S. l.], v. 21, n. 2, p. 108–124, 2020. DOI: 10.5216/er.v21i2.60071. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/60071. Acesso em: 27 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES