MUDANÇAS NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA E A RIGIDEZ DO PENSAMENTO CIENTÍFICO: diálogo de métodos pela totalidade

Autores

  • Vitor Alfredo de Rezende Alves Universidade Federal de Goiás, Regional Catalão
  • Paulo Henrique Kingma Orlando Universidade Federal de Goiás, Regional Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v20i2.55577

Resumo

As mudanças na sociedade têm produzido complexidades que impõe pensar a teoria e o método a serem utilizados na análise do objeto da pesquisa científica. Cada local é peculiar, pela teia de relações específicas, pelo movimento do sujeito e das relações sociais. Contudo, entende-se que há uma dialética entre global e específico, de maneira que o movimento se dá a partir da totalidade, mas é peculiar no local. Como utilizar somente um “óculos” para enxergar tal realidade? Dessa maneira, a rigidez do pensamento científico frente a complexidade da atualidade aparece como questão. Como pensar o método na Geografia frente a complexidade da atualidade? O objetivo do artigo é analisar como as mudanças da atualidade influenciam a teoria e o método na Geografia. Para isso discutiremos tais mudanças, a complexidade do método e a dialética nas análises (espaço e paisagem), bem como tratar uma possível utilização da Teoria Geral dos Sistemas (T.G.S) associada ao Materialismo Histórico Dialético (M.H.D) na Geografia.

Palavras-chave: Método. Totalidade. Geografia. Teoria Geral dos Sistemas. Materialismo Histórico dialético.

Downloads

Publicado

29-03-2019

Como Citar

ALVES, V. A. de R.; ORLANDO, P. H. K. MUDANÇAS NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA E A RIGIDEZ DO PENSAMENTO CIENTÍFICO: diálogo de métodos pela totalidade. Espaço em Revista, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 56–71, 2019. DOI: 10.5216/er.v20i2.55577. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/55577. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES