POLÍTICAS PÚBLICAS TERRITORIAIS E AGRICULTURA: apontamentos a partir da constituição dos perímetros irrigados públicos no Rio Grande do Norte

Autores

  • Rafael Pereira da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v20i1.51344

Resumo

A expansão da agricultura capitalista no campo brasileiro foi sumariamente marcada pelas ações engendradas pelo Estado visando à inserção crescente do Brasil na divisão internacional do trabalho agrícola. No Nordeste, uma das principais ações executadas com esta finalidade, foi à instalação de perímetros irrigados. Por meio deste ensaio, buscar-se-á apresentar apontamentos preliminares sobre a constituição dos perímetros irrigados no Rio Grande do Norte, ressaltando as instituições, políticas e agentes envolvidas neste processo. As reflexões empreendidas evidenciam que tal política pública foi capaz de produzir frações do território diferenciadas entre si, e que, na atualidade, essas diferenciações acirram-se a depender da captura desses perímetros pelos agentes da agricultura tipicamente capitalista.

Downloads

Publicado

30-09-2018

Como Citar

SILVA, R. P. da. POLÍTICAS PÚBLICAS TERRITORIAIS E AGRICULTURA: apontamentos a partir da constituição dos perímetros irrigados públicos no Rio Grande do Norte. Espaço em Revista, [S. l.], v. 20, n. 1, 2018. DOI: 10.5216/er.v20i1.51344. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/51344. Acesso em: 27 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES