AS DIFERENTES TENDÊNCIAS NA EDUCAÇÃO: a relação entre o conhecimento científico e o cotidiano

Autores

  • Vitor Alfredo de Rezende Alves Universidade Federal de Goiás, Regional Catalão
  • Juniele Martins Silva

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v19i1.49931

Resumo

A busca por mudanças na educação tem motivado propostas que, por vezes, estão carregadas de relativismo e, principalmente abandona a essência da educação escolar que é o ensino dos conhecimentos historicamente construídos pela sociedade. Essa visão “progressista” descuidada pode e é apropriada pela ordem hegemônica de forma a perpetuar o status quo da sociedade. Objetiva-se discutir o ensino, dando ênfase aos conhecimentos científicos, como meio para uma transformação da realidade escolar e da própria sociedade. Procede-se metodologicamente apresentando a visão de educação que nos acompanha, bem como o que consideramos essência desta. Posteriormente, são apresentados os problemas das tendências que abandonam essa essência, como o prevalecimento do cotidiano, além de tratar da dualidade da escola atual que produz uma escola do conhecimento para o rico e outra do acolhimento social para os pobres, como aponta Libâneo (2012). Espera-se, assim, contribuir com a discussão sobre a educação que se contraponha ao tradicionalismo sem negar a validade do ensino dos conteúdos científicos. Para tal, foram utilizados autores como Callai (2010), Duarte (2010), Martins (2010) e Libâneo (2012).

Downloads

Publicado

29-10-2017

Como Citar

ALVES, V. A. de R.; SILVA, J. M. AS DIFERENTES TENDÊNCIAS NA EDUCAÇÃO: a relação entre o conhecimento científico e o cotidiano. Espaço em Revista, [S. l.], v. 19, n. 1, 2017. DOI: 10.5216/er.v19i1.49931. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/49931. Acesso em: 16 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES