AS GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AO MAPEAMENTO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO URBANO

Autores

  • Matheus Eduardo Souza Teixeira Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal – FACIP
  • Roberto Barboza Castanho Professor Associado II da Universidade Federal de Uberlândia, campus de Ituiutaba, MG, na Faculdade de Ciências Integradas - FACIP.
  • Fausto Amador Alves Neto Docente do curso de Direito da UEMG - Unidade Ituiutaba/MG

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v19i1.47829

Resumo

Os acidentes de trânsito, na atualidade, é um tema que provoca várias discussões quanto à sua ocorrência. Vários são os fatores que podem desencadear os acidentes, entre eles, a questão da impudência, o descaso com o planejamento urbano, os fenômenos da natureza, bem como outras variáveis. Diante do exposto, é válido destacar que se carece de estudos nesta determinada temática, a fim de buscar-se mais informações sobre o respectivo assunto. Neste sentido, o objetivo central desta investigação foi o de mapear os acidentes de trânsito dos anos de 2004 e 2014 no bairro Centro da cidade de Ituiutaba/MG, fazendo um comparativo entre esses respectivos anos. Os procedimentos metodológicos que nortearam esta pesquisa fora divididos em algumas etapas: a) Revisão Bibliográfica; b) Coleta de dados secundários; c) Tabulação dos dados e espacialização dos mesmos; d) Análise dos dados e a redação final. Assim, o cenário do bairro Centro de Ituiutaba mostra-se que em 10 anos o número de acidentes aumentou significativamente, já que em 2004 foram registrados 112 acidentes nesta área e em 2014 registraram-se 408 acidentes, perfazendo ai um aumento de quase 400%, ou seja, um aumento bem relevante. Portanto, é notório que o número de acidentes no bairro Centro aumentou e que, no entanto, deve considerar-se o aumento da frota de veículos, a questão da imprudência dos motoristas, bem como a falta de planejamento urbano, uma vez que é necessário que o Poder Público descentralize as atividades que o bairro Centro exerce, com o intuito de diminuir o fluxo de trânsito desta localidade.

Biografia do Autor

Matheus Eduardo Souza Teixeira, Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal – FACIP

Discente do Curso de Graduação em Geografia da Universidade Federal de Uberlândia, na Faculdade de Ciências Integradas do Pontal – FACIP

Roberto Barboza Castanho, Professor Associado II da Universidade Federal de Uberlândia, campus de Ituiutaba, MG, na Faculdade de Ciências Integradas - FACIP.

Possui graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (2000), mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Santa Maria (2003) com parte realizada na Università Degli Studi di Udine - em Udine na Itália, na linha de pesquisa de Sensoriamento Remoto. Realizou o Doutorado em Geografia na Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2006), já na Universidad de Buenos Aires - UBA, efetuou os estudos de Pós Doutorado em Ciencias Humanas y Sociales (2013) da Facultad de Filosofía y Letras, cuja pesquisa esteve centrada na comparação da forma de ensino na Argentina com o Brasil. Atualmente é professor Associado I da Universidade Federal de Uberlândia, campus de Ituiutaba, MG, na Faculdade de Ciências Integradas - FACIP, no Curso de Graduação em Geografia e no Programa de Pós Graduação em Geografia - PPGEP.

Fausto Amador Alves Neto, Docente do curso de Direito da UEMG - Unidade Ituiutaba/MG

Advogado - OAB/MG 135.445 / Presidente da comissão OAB/Jovem da 44ª Subseção da OAB/MG (triênio 2016/2018) Docente do curso de Direito da UEMG - Unidade Ituiutaba/MG – Mestre em Geografia

Downloads

Publicado

29-10-2017

Como Citar

SOUZA TEIXEIRA, M. E.; CASTANHO, R. B.; ALVES NETO, F. A. AS GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AO MAPEAMENTO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO URBANO. Espaço em Revista, [S. l.], v. 19, n. 1, 2017. DOI: 10.5216/er.v19i1.47829. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/47829. Acesso em: 8 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES