MULHER E TRABALHO EM CATALÃO (GO): uma abordagem sob o método marxista

Autores

  • Natália Soares Ferreira Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás/Regional Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v18i2.45560

Resumo

: Este artigo tem como objetivo apresentar a aplicação do método materialista histórico dialético na pesquisa qualitativa geográfica, ainda em fase de construção. Partindo da análise espacial na cidade de Catalão (GO) identificamos seu espaço urbano transformado de forma significativa nas últimas décadas. Tal fato nos levou ao questionamento sobre a expansão do setor hoteleiro junto à territorialização do capital na mesma, intensificando da mão de obra feminina nesse setor. A pesquisa busca a partir do método materialista histórico dialético de Marx, compreender e analisar os espaços, caminhos, ocupações, as relações sociais e a entrada das mulheres no mercado de trabalho – entendida também como emancipação – como parte de uma estratégia construída pelo capital em nível global, que alcança a vida cotidiana das trabalhadoras, precarizando-a. Nesse movimento dialético as trabalhadoras produzem e (re)produzem o espaço urbano com a dimensão simbólica da dominação, da submissão que se manifesta espacialmente em suas práticas cotidianas.

Biografia do Autor

Natália Soares Ferreira, Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás/Regional Catalão

Geografia Humana

Downloads

Publicado

04-07-2017

Como Citar

SOARES FERREIRA, N. MULHER E TRABALHO EM CATALÃO (GO): uma abordagem sob o método marxista. Espaço em Revista, [S. l.], v. 18, n. 2, 2017. DOI: 10.5216/er.v18i2.45560. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/45560. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES