O SETOR SUCROENERGÉTICO E AS TRANSFORMAÇÕES ESPACIAIS NO BRASIL: a territorialização da cana de açúcar em Frutal (MG)

Autores

  • ELVISLEY RODRIGUES OLIVEIRA

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v16i1.29825

Resumo

Resumo: A atividade canavieira está presente no território brasileiro desde sua colonização até os dias atuais. O processo de territorialização do cultivo da cana não foi homogêneo ao longo da história, ela foi se apropriando e transformando algumas regiões de forma gradativa através de políticas de incentivos do governo federal. O presente trabalho busca compreender as transformações espaciais a partir da territorialização do setor sucroenergético no município de Frutal (MG) e seus desdobramentos. Para isso faz-se necessário à compreensão de algumas nuances como: programas de incentivos políticos como criação do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA), PROÁLCOOL, crise do petróleo, e o processo de expansão da lavoura canavieira pelas regiões do Brasil. A pesquisa assentou em pesquisas bibliográficas acerca do tema. Nesse sentido, ressaltamos a necessidade de que as mudanças provocadas precisam ser discutidas.

Palavras-chave: Cana de açúcar. Frutal. Proálcool. IAA.

Downloads

Publicado

16-12-2014

Como Citar

OLIVEIRA, E. R. O SETOR SUCROENERGÉTICO E AS TRANSFORMAÇÕES ESPACIAIS NO BRASIL: a territorialização da cana de açúcar em Frutal (MG). Espaço em Revista, [S. l.], v. 16, n. 1, 2014. DOI: 10.5216/er.v16i1.29825. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/29825. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES