CARACTERIZAÇÃO SOCIO-ECONÔMICA E CULTURAL DAS COMUNIDADES LINDEIRAS AO RESERVATÓRIO DE CANA BRAVA

Autores

  • Maria Margareth Sousa Universidade Estadual de Goiás - Unidade Universitária de Minaçu-GO

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v16i2.27956

Resumo

Este artigo visa apresentar a caracterização socioeconômica e cultural das comunidades lindeiras ao reservatório de Cana Brava, Vermelho, Buriti, Balsas São Félix e Paulistas, voltadas, atualmente, para a implantação da atividade aquícola. O Reservatório de Cana Brava envolve os municípios de Cavalcante, Colinas do Sul e Minaçu, e, com esta pesquisa já realizada, busca-se identificar, do ponto de vista qualitativo e quantitativo, a população do entorno do reservatório de Cana Brava, com vistas à implementação da aqüicultura como alternativa de subsistência, proporcionando inclusão social da população que se encontra marginalizada no cenário atual

Biografia do Autor

Maria Margareth Sousa, Universidade Estadual de Goiás - Unidade Universitária de Minaçu-GO

"Caracterização Socio-Econômica e Cultural das Comunidades Diretamente Lindeiras ao Reservatório de Cana Brava.

Downloads

Publicado

18-03-2016

Como Citar

SOUSA, M. M. CARACTERIZAÇÃO SOCIO-ECONÔMICA E CULTURAL DAS COMUNIDADES LINDEIRAS AO RESERVATÓRIO DE CANA BRAVA. Espaço em Revista, [S. l.], v. 16, n. 2, 2016. DOI: 10.5216/er.v16i2.27956. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/27956. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES