PAISAGEM ALTERADA: o homem como agente geomorfológico - mudança no relevo através da mineração em Minaçu (GO)

Autores

  • Uhênia Caetano Pereira Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v15i1.26204

Resumo

Resumo: O presente trabalho apresenta uma análise da interferência humana na paisagem do município de Minaçu-GO, através da mineração de amianto, a partir do emprego de alguns parâmetros da Antropogeomorfologia ou Geomorfologia Antropogênica. Discutiu-se a ação do homem nas formas de relevo, principalmente na área pertencente à SAMA S.A Minerações Associadas. Inicialmente, ressaltou-se os conceitos chaves, como a Antropogeomorfologia, para explicar a construção de novas paisagens, sendo o homem, o principal fator de mudança, ou seja, o homem é um agente geomorfológico.

Biografia do Autor

Uhênia Caetano Pereira, Universidade Estadual de Goiás

Profª da Universidade Estadual de Goiás, atualmente é coordenadora de curso de Geografia e ministra a disciplina de Hidrogeografia. É mestranda na Universidade Federal de Goiás (IESA).

Downloads

Publicado

26-08-2013

Como Citar

CAETANO PEREIRA, U. PAISAGEM ALTERADA: o homem como agente geomorfológico - mudança no relevo através da mineração em Minaçu (GO). Espaço em Revista, [S. l.], v. 15, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/er.v15i1.26204. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/26204. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES