INCLUSÃO OU EXCLUSÃO: UMA ANÁLISE SOBRE O ACESSO DAS CLASSES C, D e E À UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Autores

  • Daniel de Freitas Nunes Faculdade de Educação, Universidade de Brasília
  • Juliana Ricarte Ferraro Universidade Federal do Tocantins

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v15i1.24445

Resumo

Números expostos em relatórios oficiais, internos e externos, têm indicado um acesso massivo de estudantes oriundos de setores sociais mais desfavorecidos – classes C, D e E, mais exatamente – à Universidade Federal do Tocantins. Visando estudar este fenômeno, o presente trabalho propôs analisar as condições em que se dá esse acesso, por meio de um instrumental metodológico que englobou dados relativos à oferta e à demanda, assim como as características socioeconômicas desses estudantes e suas famílias. Discute-se, a partir desses dados, que esse acesso massivo de estudantes oriundos de estratos sociais desfavorecidos ocorre principalmente em função de fatores como baixa concorrência e pouco prestígio social dos cursos. Discute-se ainda que, do ponto de vista socioeconômico, o acesso a essa instituição continua segregacionista e seletivo.

Palavras-chave: educação superior, acesso democrático, classes populares.

Biografia do Autor

Daniel de Freitas Nunes, Faculdade de Educação, Universidade de Brasília

Graduado em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Tocantins. Desenvolve pesquisa na área de história da educação com ênfase em classes populares e educação superior pública.Tem experiência em avaliação institucional no que diz respeito à políticas de assistência estudantil. Mestrando em educação pela Universidade de Brasília (UnB).

Juliana Ricarte Ferraro, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação (lienciatura e bacharelado) em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998), mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2002), Especialização em Restauro e Conservação de Documentação Gráfica pela Faculdade Senai de São Paulo (2003) e Doutoranda em Educação pela Universidade de São Paulo/USP. Professora Assistente da UFT - Universidade Federal do Tocantins, no curso de História. Atua principalmente nos seguintes temas: História Cultural, Leitura, Livro e Manuais Escolares, Educação e Ensino de História, Patrimônio Histórico, Conservação e Restauro.

Downloads

Publicado

26-08-2013

Como Citar

NUNES, D. de F.; FERRARO, J. R. INCLUSÃO OU EXCLUSÃO: UMA ANÁLISE SOBRE O ACESSO DAS CLASSES C, D e E À UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS. Espaço em Revista, [S. l.], v. 15, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/er.v15i1.24445. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/24445. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES