GARIMPANDO A PRESENÇA TEÓRICA DE MILTON SANTOS ENTRE OS DIAMANTES DE TRÊS RANCHOS (GO)

Autores

  • José Luiz Vaz de Sousa Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão
  • Maria Geralda de Almeida Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Marcelo Rodrigues Mendonça Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v14i1.19406

Resumo

No levantamento bibliográfico para a pesquisa acerca do garimpo de diamantes no município de Três Ranchos (atividade que existiu até 1982 às margens e no leito do Rio Paranaíba, inviabilizada pela construção de uma hidrelétrica) encontramos grande fundamento na obra de Milton Santos, notadamente no livro “Metamorfoses do espaço habitado”. Sob a lucidez desse livro, percebe-se a verdadeira estatura das transformações ocorridas, e como todos os eventos e todos os personagens contribuem no processo. A desestruturação dos modos de vida, as alterações ambientais provocadas pela hidrelétrica, a inviabilidade do aproveitamento da terra como sempre fora até então, as novas formas de exploração do espaço, a presença e importância do sistema urbano, tudo é possível de ser analisado com o auxílio dessa obra de Milton Santos.

Palavras chave: Garimpeiros, Hidrelétricas, Metamorfoses, Milton Santos.

Downloads

Publicado

19-07-2012

Como Citar

SOUSA, J. L. V. de; ALMEIDA, M. G. de; MENDONÇA, M. R. GARIMPANDO A PRESENÇA TEÓRICA DE MILTON SANTOS ENTRE OS DIAMANTES DE TRÊS RANCHOS (GO). Espaço em Revista, [S. l.], v. 14, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/er.v14i1.19406. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/19406. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>